Renda fixa

Os títulos do Tesouro Direto que mais renderam em 2017

Foram cadastrados 58 mil novos investidores em média por mês, maior ritmo desde o início do programa

SÃO PAULO – O Tesouro Direto divulgou seu balanço de 2017 nesta quarta-feira (24) com número recorde de investidores cadastrados (1,83 milhão) e de investidores ativos (565.758), que são aqueles com aplicações.

Em 2017, foram cadastrados 58 mil novos investidores em média por mês, maior ritmo desde o início do programa. O número de investidores que efetivamente possuem aplicações também teve crescimento historicamente elevado. Foram, em média, 13.663 novos ativos por mês, atrás apenas da marca de 13.998 registrada em 2016.

Veja os títulos que registraram os maiores ganhos em 2017:
TítuloVencimentoRentabilidade bruta

em 2017

Tesouro Prefixado 2020 (LTN)01/01/2020
Tesouro Prefixado 2023 (LTN)01/01/202319,13%
Tesouro Prefixado com
Juros Semestrais 2027 (NTN-F)
01/01/202711,68%
Tesouro IPCA+ com
Juros Semestrais 2026 (NTN-B)
15/08/202613,75%
Tesouro IPCA+ com
Juros Semestrais 2035 (NTN-B)
15/05/203512,44%
Tesouro IPCA+
com Juros Semestrais 2050 (NTN-B)
15/08/205012,26%
Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal)15/08/202413,27%
Tesouro IPCA+ 2035 (NTN-B Principal)15/05/203512,20%
Tesouro IPCA+ 2045 (NTN-B Principal)15/05/2045
Tesouro Selic (LFT)01/03/2023

Vale lembrar que, se os títulos forem carregados até o vencimento, eles pagam a rentabilidade acordada no momento da compra. Por exemplo, o Tesouro IPCA+ 2045, que apresentou rentabilidade negativa no mês de novembro, pagará, em seu vencimento, em torno de 5,44% a.a. somado à variação do IPCA no período para aqueles que o adquiriram em 30 de novembro.

PUBLICIDADE

Para investir no Tesouro Direto, clique aqui e abra a sua conta na XP

 Aprenda – definitivamente – a comprar títulos no Tesouro Direto; veja vídeo

O consultor em finanças e professor Alan Ghani mostra, no programa “Tesouro Direto com Ganhos Turbinados”, o passo a passo de como escolher e comprar os títulos, desde a escolha da corretora até a aquisição dos ativos. Veja: