Seguindo quem entende

O que torna um fundo melhor do que outro? Fundador da Vanguard explica

John C. Bogle, autor de "The Little Book of Common Sense Investing", em tradução livre, “O pequeno livro do senso comum do investimento”, identifica conceito crucial na hora de investir

SÃO PAULO – Fundador da Vanguard Mutual Fund Group, John C. Bogle é conhecido nos Estados Unidos por acreditar que o melhor investimento para iniciantes é alocar o dinheiro em fundos indexados (fundos passivos, que seguem algum índice de referência).

Você tem dúvidas sobre como organizar suas finanças? Quer investir melhor? Cadastre-se gratuitamente no Ganhe Mais e tenha acesso a uma rede de centenas de planejadores financeiros certificados e capacitados 

Segundo artigo publicado no site Business Insider, John defende que há diversos tipos de fundos no mercado, como os large cap, mid-cap, small-cap, os setores da indústria, internacional, entre outros, e que é necessário saber que alguns são melhores que outros.  

“É preciso prestar atenção no custo do fundo e assim descobrir qual o melhor para você”, explica John. “”Se os investidores pudessem confiar em apenas um único fator para selecionar desempenhos futuros superiores e evitar perdas, esse fator seria os custos dos fundos”, completa.

Segundo Bogle, a conta é fácil: quanto mais os gerentes e corretores tomam  dinheiro do investidor, menos lucros eles obtêmAtualmente,  a taxação sobre os fundos indexados nos EUA pode variar de 0,10 a 0,80% e alguns exigem que os investidores paguem uma comissão de corretagem padrão.

“Os fundos não são criados iguais. Enquanto suas carteiras baseadas em índices são substancialmente idênticas, seus custos são tudo, menos idênticos,” explica Bogle. “Se o foco do investidor for obter retorno, ele precisa entender que, mesmo não parecendo uma diferença significante, as pequenas taxas quando acumuladas podem suprimir boa parte do lucro e tornando ainda mais crucial a escolha por fundos de baixo custo”, conclui John. 

Você está investindo bem seu dinheiro? Faça o teste aqui