Número de pessoas físicas na Bolsa mantém tendência de alta em julho

A participação dos investidores de varejo no volume financeiro da Bolsa subiu em julho para 29,12%

SÃO PAULO – Depois de registrar queda entre abril e maio, o número de pessoas físicas que investem em ações retomou tendência de alta, de acordo com dados da BM&F Bovespa.

No quarto mês do ano, eram 519.057 contas de investidores de varejo, número que caiu para 516.874 em maio, mas que logo subiu para 521.196 em junho. No sétimo mês do ano, por sua vez, a tendência de alta foi consolidada, já que foram observadas 521.555 contas de aplicadores pessoas físicas pela CBCL (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia).

Participação dos investidores

Com o aumento no número de contas na comparação mensal, a participação dos investidores pessoa física no volume total da BM&F Bovespa subiu no mês de julho, passando de 28,61% para 29,12% de um mês para outro.

Assim, os investidores de varejo permanecem na segunda posição do ranking de participação dos investidores na bolsa. A primeira posição segue com os investidores estrangeiros, que também apresentaram um avanço frente ao sexto mês do ano.

As aplicações realizadas por investidores estrangeiros representaram 37,93% do volume total da bolsa, ante 36,50% registrados em junho, como mostra a tabela abaixo:

Tipo de InvestidorJunho 2009 (%)Julho 2009 (%)
Estrangeiros36,5037,93
Pessoa Física28,6129,12
Institucionais25,6525,94
Instituições financeiras6,104,92
Empresas2,012,01
Outros0,050,08

Fonte: BM&F Bovespa

Clubes de investimento

Os novos registros de clubes de investimento – grupos de pessoas físicas que se unem para investir na bolsa – somaram 25 em julho. No total, a BM&F Bovespa encerrou o mês passado com 2.820 clubes de investimentos.

De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (6), o patrimônio líquido totalizou R$ 10,50 bilhões e o número de cotistas é de 145.141, segundo os últimos números disponíveis, de junho de 2009.