Em onde-investir

Pump and dump: saiba o que é e como evitar esse tipo de "golpe" com ações

Uma pessoa ou um grupo compra grandes quantidades de alguma ação de baixo valor e baixa liquidez e espalha boatos para o papel subir

SÃO PAULO – Quem investe em ações já deve ficado tentado a comprar papéis de empresas pequenas, com pouca liquidez e que, muitas vezes, valem menos de R$ 1, após notar altas expressivas em um curto espaço de tempo.

Em papéis que valem apenas alguns centavos, oscilações de 10%, 15% ou 20% em um único dia costumam ser comuns. “Ações cotadas em centavos são muito mais 'ariscas', pois pequenas mudanças de preços representam grandes variações percentuais”, ressalta o especialista em finanças pessoais da MoneyFit, André Massaro.

Entretanto, ele afirma que o pequeno investidor deve ficar atento, antes de decidir comprar uma ação deste tipo, por conta de um tipo de “golpe” conhecido como “pump and dump”. “O nome significa, em português, algo como 'inflar e largar' e normalmente é aplicado em ações de baixa liquidez e com o preço muito baixo, de preferência cotado em centavos”, diz.

O especialista explica que o golpe é feito da seguinte maneira: uma pessoa ou um grupo (geralmente organizado) compra grandes quantidades de alguma ação de baixo valor e baixa liquidez e começa um intenso movimento de tentar, artificialmente, aumentar o preço dos papéis.

Cuidado com os boatos
Para fazer o preço das ações subir, essas pessoas espalham boatos sobre a empresa, visando criar a expectativa de que ela terá um bom desempenho e que suas ações vão seguir trajetória ascendente. “Essa é a fase do 'pump'”, diz Massaro.

Ao ler os boatos, outros investidores começam a comprar as ações e o preço sobe. “Afinal, numa ação de baixa liquidez, basta alguns incautos comprarem algumas poucas ações que já se observa uma oscilação respeitável no preço”, lembra o especialista.

A alta acaba atraindo ainda mais investidores, que percebem uma movimentação anormal naquela ação. “Neste momento, os autores do golpe esperam o momento de dar o 'bote', vendendo todas aquelas ações que foram compradas previamente com lucro, e muitas vezes essa única venda já é o suficiente para derrubar a ação a níveis abaixo daqueles que os golpistas compraram, mas, pelo custo médio, eles conseguem um bom lucro no esquema”, alerta o especialista.

Fóruns online
Massaro explica que, no Brasil, este tipo de golpe é mais frequente nos fóruns online. “É comum entrar em alguns fóruns e ver mensagens com títulos chamativos como 'A ação XYZ vai bombar'”, diz.

O conteúdo das mensagens é quase sempre o mesmo. “Normalmente, o golpista diz que uma 'fonte confiável” revelou que um grande grupo vai comprar a empresa ou que um plano de recuperação está 'quase aprovado' ou que a empresa descobriu a fórmula mágica para transformar água em petróleo, e por aí vai”, afirma Massaro.

Como escapar
As ações de segunda linha, com baixa liquidez, podem ser uma opção interessante, mas normalmente são aconselhadas para aqueles investidores que já possuem mais experiência no mercado. “Existem estratégias específicas para esse tipo de ação e conheço gente que ganha bastante dinheiro com isso, mas são investidores que sabem interpretar corretamente as informações e não entram nesse tipo de barca furada”, diz Massaro.

Para quem ainda assim quiser operar com este tipo de ação, Massaro aconselha que seja feita uma busca por estratégias específicas. “Estude muito, faça simulações e só entre com dinheiro de verdade quando se sentir seguro com sua estratégia”, diz.

Além disso, é importante desconfiar sempre que entrar em algum fórum e tiver algum tópico prometendo que determinada ação vai “bombar”.

 

Contato