Maiores de 56 anos: eles não são a maioria, mas têm mais dinheiro na Bolsa

Em maio, segundo BM&F Bovespa, dos R$ 79,12 bilhões aplicados, 61,44% eram de investidores com mais de 56 anos

SÃO PAULO – A BM&F Bovespa encerrou o mês de abril com 516.874 contas de investidores pessoas físicas com posição em custódia. O número é ligeiramente menor que o registrado no mês anterior, de 519.057, mas é 6,2% maior que o contabilizado no mesmo período do ano passado, de 486.706.

De acordo com a BM&F Bovespa, estes pouco mais de 516 mil investidores tinham R$ 79,12 bilhões aplicados em maio, com a maior parte do volume aplicado concentrada entre os investidores com mais de 56 anos.

Montante aplicado é maior entre os mais velhos

Segundo os dados da BM&F Bovespa, quanto mais velho o investidor, maior o valor aplicado na Bolsa. Dos R$ 79,12 bilhões aplicados em maio, 61,44% eram de investidores com idade acima de 56 anos. Destes, 25,16% pertenciam a investidores entre 56 e 65 anos e 36,28% eram de investidores com mais de 66 anos.

Os investidores entre 26 e 35 anos, que mais participaram da Bolsa no quinto mês do ano, eram responsáveis por apenas 6,53% do valor aplicado, ou seja, R$ 5,16 bilhões.

Confira a participação dos investidores de varejo, por faixa etária, em termos de montante aplicado:

Faixa etáriaValor aplicado
(em R$ bilhões)
Participação (%)
Até 15 anos0,310,40
De 16 a 25 anos0,740,93
De 26 a 35 anos5,166,53
De 36 a 45 anos10,1812,86
De 46 a 55 anos14,1217,84
De 56 a 65 anos19,9125,16
Maior de 66 anos28,7036,28
Total79,12

Fonte: BM&F Bovespa

Por faixa etária

Considerado um investimento de risco, já que não é possível estimar o retorno da aplicação, a renda variável é indicada a investidores mais agressivos e que, principalmente, tenham visão de longo prazo.

Quanto mais jovem for, mais o investidor pode carregar seus investimentos em renda variável, pois tem o tempo a seu favor.

Agora, para quem tiver um tempo mais “apertado”, é melhor buscar aplicações mais conservadoras, que lhe garantam um ganho menor, porém mais seguro.

PUBLICIDADE

A tabela abaixo mostra que os investidores têm essa consciência. Segundo os números, com o passar dos anos, os investidores vão saindo da renda variável, talvez em busca de aplicações mais conservadoras.

Participação de investidores pessoa física por faixa etária
FaixaContas na BM&F Bovespa
Até 15 anos1.990
De 16 a 25 anos32.851
De 26 a 35 anos147.052
De 36 a 45 anos116.813
De 46 a 55 anos96.894
De 56 a 65 anos70.860
Maior de 66 anos50.414
Total516.874

Fonte: BM&F Bovespa