Em onde-investir / investimentos-no-exterior

Vistos para investidores nos EUA podem ficar mais caros; especialista sugere investir logo

Quem quer conseguir um green card para os EUA investindo lá deve aplicar logo se quiser gastar menos

Nova York - EUA
(Shutterstock)

SÃO PAULO – O EB-5 é um programa de vistos para investidores nos EUA que tem atraído, cada vez mais, a atenção dos brasileiros. Com aplicações a partir de US$ 500 mil, ele permite a residência permanente no país para o investidor, cônjuge e filhos com menos de 21 anos. No entanto, ele pode passar por mudanças no final de setembro.

De acordo com Stan Bradshaw, CEO (Chief Executive Officer) da US Freedom Capital, empresa do Texas especializada no EB-5, embora não se saiba com certeza se ocorrerão mudanças no programa, o melhor que o investidor que tem intenção de morar nos EUA pode fazer é aproveitar para entrar no programa até 30 de setembro, quando a legislação atual ainda está em vigor.

“Como um investidor EB-5, a única maneira de resguardar-se do potencial risco de expiração do programa em 30 de setembro ou do potencial risco de grandes mudanças propostas no programa, como no valor do investimento, seria completar seu Investimento EB-5 e apresentar o seu pedido de visto I- 526 antes de 30 de Setembro”, relata o especialista.

No entanto, Bradshaw destaca que não há certeza de que mudanças podem acontecer no programa. “Dada a profundidade das mudanças propostas neste projeto de lei, parece muito improvável que este projeto de lei seja aprovado”, o projeto a que se refere o executivo é dos senadores Patrick Leahy e Chuck Grassley, que propõe o aumento do investimento mínimo de US$ 500 mil para US$ 800 mil.

“Sabemos que muitas mudanças substanciais estão sendo propostas. Sabemos que no passado, quando grandes mudanças foram propostas, o Congresso não debateu a legislação e reautorizou o programa com quase nenhuma mudança. O que vai acontecer desta vez? Não sabemos”, atesta.

 

Contato