Investidor sente falta de informação organizada sobre sustentabilidade, diz bolsa

Diretora de sustentabilidade da BM&FBovespa diz que é crescente o interesse do investidor sobre o assunto

SÃO PAULO – O investidor no Brasil está cada vez mais interessado no assunto sustentabilidade, mas quer informações mais organizadas sobre o tema. A opinião é da diretora de Sustentabilidade da BM&FBovespa, Sônia Favaretto.

Nesta semana, a bolsa colocou no ar o portal Novo Valor (www.bmfbovespa.com.br/novovalor), que oferece informações sobre indicadores, iniciativas e projetos da bolsa relacionados à sustentabilidade e ao investimento social.

“O principal valor do site é a organização de informações, que é um pedido dos investidores. Eles até estão dispostos a seguir a agenda sócio-ambiental, mas não têm informação para isso”, declarou a diretora.

Perfil
De acordo com ela, o interesse pelo tema sustentabilidade tem crescido entre os investidores brasileiros, mas ainda não é algo totalmente disseminado.

“Há um interesse crescente em sustentabilidade, mas não dá para dizer que todo mundo está interessado. Entre os grandes investidores, como fundos de pensão e outros, o interesse é maior”, afirmou ela.

Ainda de acordo com Sônia, em relação às pessoas físicas, é mais difícil detectar um movimento em relação à sustentabilidade, tendo em vista que o contato direto delas é com as corretoras.