Investimentos

Interesse de investidores por Letras de Câmbio dispara 123% em março

CDB segue liderando ranking de pesquisas; Tesouro Direto e robôs de investimentos caem

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O interesse do investidor brasileiro por LCs (Letras de Câmbio) cresceu no primeiro trimestre deste ano, enquanto os títulos do Tesouro Direto e robôs de investimentos recuaram no ranking de pesquisas relativas a investimentos, aponta levantamento do Yubb, buscador de investimentos.

“No atual cenário de queda de juros, muitas financeiras têm aumentado a rentabilidade de seus produtos para manter os clientes na renda fixa e reduzir o risco de perdê-los para fundos de investimento. Por isso, as LCs têm oferecido altas rentabilidades, fator que explica o aumento das buscas e do interesse das pessoas”, avalia o fundador do Yubb, Bernardo Pascowitch.

Mesmo com a queda, CDB, robôs de investimento e Tesouro Direto seguem liderando o ranking de pesquisas, enquanto as Letras Financeiras estão na última posição, mas com aumento de 58% nas buscas no último mês. Confira:

PUBLICIDADE
ProdutoPosição atualVariação entre fevereiro e março
CDB18,08%
Robôs de investimentos 2-8%
Tesouro Direto3-4,28%
LCI4-12,08%
Fundo de ações5-9,29%
Letra de Câmbio6123,09%
Fundo multimercado7-17,23%
LCA812,45%
RDB9-15,85%
Fundo DI10-20,78%
Letras Financeiras 1158,34%

Fonte: Yubb

O destaque fica para a queda nas buscas por robôs de investimento e fundos multimercados. “Ambos são considerados alternativas interessantes no atual momento, com a Selic em baixa, justamente por aumentar a rentabilidade da carteira e diversificar o portfólio”, analisa Pascowitch.

Quer fazer as taxas de juros trabalharem ao seu favor? Clique aqui, abra sua conta na Rico e veja seu dinheiro se multiplicar!