Em onde-investir / infomoney-responde

Tenho R$ 20 mil na poupança e meu banco não permite aplicação em LCA; o que fazer?

Bruno Santejo Rodrigues da Silva, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitora do InfoMoney

Pergunta
Tenho R$ 20 mil aplicados na caderneta de poupança, tentei migrar para LCA mas o meu banco me disse que só é possível a partir de trinta mil reais. O que devo fazer? Qual a melhor aplicação?

Leitora: Adriana

Resposta de Bruno Santejo Rodrigues da Silva, CFP, Planejador Financeiro Certificado pelo IBCPF
Olá Adriana,

Realmente, realocar os recursos de sua poupança em outra aplicação é uma decisão sábia, pois no cenário atual a rentabilidade da poupança esta abaixo da inflação, o que corrói seu poder de compra por não ter uma rentabilidade real (maior que a inflação).

A troca dos recursos alocados em sua poupança para LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) ou LCI (Letra de Crédito Imobiliário) é uma excelente alternativa, pois ambos são investimentos em renda fixa, isentos de Imposto de Renda e que possuem garantia do FGC (Fundo Garantidor de Credito) até o limite de R$250 mil. Como seu problema é o valor mínimo para aplicação em LCA na instituição escolhida, sugiro que consulte em outros bancos e corretoras, pois existem instituições menores que possibilitam o investimento com valores mais baixos.

Como alternativa de investimentos em renda fixa, além de LCA e LCI, podemos considerar os títulos públicos como LFT (Titulo pós-fixado atrelado a SELIC), LTN (Titulo pré-fixado), NTN-B (Títulos que preservam o poder de compra e garantem uma rentabilidade real, pois seu rendimento é composto por inflação mais uma taxa pré-fixada) e alocações em fundos de investimento em Renda Fixa, com taxas de administração mais baixas, como boas opções.

Vale ressaltar que não existe melhor ou pior aplicação e sim aquela que se adéqua ao seu perfil de investidor, objetivos e horizonte de investimento. Por isso é sempre importante se informar e buscar o auxilio de um profissional qualificado.

Bruno Santejo Rodrigues da Silva é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser feitas por meio da plataforma Ganhe Mais. Cadastre-se gratuitamente e tire suas dúvidas com planejadores certificados e capacitados.


Conheça mais sobre a IBCPF, Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros
http://www.ibcpf.org.br/

 

Contato