Em onde-investir / infomoney-responde

Como faço para atingir a independência financeira até os 40 anos?

Rogério Benevente, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitor do InfoMoney

Pergunta

Sou Ténico em Mecânica, solteiro e com 22 anos e a minha renda líquida por mês é de cerca de R$ 10 mil. Tenho disponível cerca de R$ 40 mil,que atualmente estão na poupança, e, até maio do ano que vem, espero ter cerca de R$ 90 mil. Consigo poupar todo mes entre R$ 8 mil e R$ 9 mil.

Moro com meus pais, mas tenho vontade de morar sozinho e investir em um imóvel. Porém existe o medo da bolha imobiliaria explodir e eu acabar perdendo dinheiro. Não tenho medo de investimentos de risco moderado a alto. Quero adquirir independência financeira, seja abrindo um negócio ou apenas vivendo de renda até os 35 ou 40 anos.

Sei que é uma missão dificil, mas tenho um rendimento alto mensal para minha idade e com expectativa de melhorar, já que o setor que trabalho tenho ascensão rápida na carreira.

 

Leitor: Caio

Resposta de Rogério Benevente, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF

Prezado Caio,

A Poupança tem sido uma alternativa de alocação de recursos bastante presente na cultura do brasileiro. Seu montante acumulado e expectativa de novas alocações é considerável, em função da faixa etária, contudo, há alternativas de investimentos com melhor potencial de retorno no longo prazo e com perfis de riscos mais agressivos. Isto implica em duas variáveis, capacidade e disposição ao risco. A primeira diz respeito a recursos disponíveis para enfrentar períodos de volatilidade, sem a necessidade de se desfazer de posições em oscilações negativas para compor caixa, e a segunda, condição psicológica em acompanhar variações no valor de sua carteira sem se precipitar na tomada de decisões e liquidação de ativos a preço menor ao que foi adquirido.

De acordo com sua exposição, há indicativos de que sua predisposição esteja relacionada ao viés de empreendedorismo, com apetite a maiores riscos e de longo prazo, aproximadamente 15 a 20 anos. Porém, é preciso entender seus objetivos para a constituição de uma carteira (Asset Allocation), que responda às suas necessidades e expectativas para os diferentes projetos e prazos de realização individualmente.

Em relação à aquisição de um imóvel, no que tange a preços, observa-se certa alavancagem, sobretudo em capitais e grandes centros, o que num possível cenário econômico de baixa produtividade tende a ser corrigido. Dado que os financiamentos imobiliários são de longo prazo e as taxas de juros elevadas, tende a parecer uma estratégia mais arriscada, porém requer análise mais objetiva. Quanto à possível bolha imobiliária, não tenho subsídios ou variáveis concretas para corroborar uma análise, contudo, há alguns economistas e acadêmicos que têm estudado mais profundamente o assunto e pedem cautela, para evitarmos surpresas inesperadas.

Por fim, analise com cautela todas as alternativas de investimentos possíveis e que respondam ao seu perfil de risco, expectativas em diferentes horizontes de tempo e sejam factíveis aos seus projetos de vida. Vale a pena pensar com bastante diligência e procurar um Financial Advisor para assessorá-lo, pois são decisões que influenciarão o seu futuro.

Grande abraço e muito sucesso,

Rogério Benevente é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser feitas no formulário http://www.infomoney.com.br/onde-investir/infomoney-responde-formulario-pergunta


Conheça mais sobre a IBCPF, Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros
http://www.ibcpf.org.br/

 

Contato