Em onde-investir / infomoney-responde

Tenho R$ 1.800 e consigo juntar mais R$ 350 por mês; onde investir?

Edson Fernandes, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitor do InfoMoney

orçamento_poupança
(ThinkStock)

Pergunta

Faço um investimento mensal na poupança de R$ 200,00. Possuo atualmente cerca de R$ 1,8 mil. Pretendo aumentar o investimento mensal para R$ 350,00 e não tenho prazo definido para resgate dessa quantia. A melhor opção é continuar na poupança ou retirar esse valor da poupança para investir juntamente com os R$ 350,00 mensais de outra forma?

Leitor: Jonatas

Resposta de Edson Fernandes, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF

Jonatas, antes de qualquer coisa gostaria de parabenizá-lo por desenvolver o hábito de reservar parte de sua receita para ter disponibilidade financeira no futuro. Isso é muito importante.

Quando pensamos em constituir poupança para o nosso futuro é muito importante, além de conhecermos nosso perfil de investidor, ter em mente quando pretendemos utilizar os recursos. Dessa forma podemos explorar uma quantidade maior de alternativas de investimentos buscando tirar proveito do tempo, maximizando rentabilidade e minimizando, quando aplicável, os efeitos do imposto de renda. Devemos procurar construir reservas para o curto, médio e longo prazos. Procure atrelar sua poupança que está em construção a um objetivo, a um sonho a ser realizado. Isso lhe dará incentivo maior para continuar a poupar.

O que é curto prazo, médio e longo prazo? Em planejamento financeiro pessoal costumo utilizar 2 anos para curto prazo e para longo prazo tudo que vier a ocorrer para mais de 10 anos à frente. Entre os dois situa-se o médio prazo.

Jonatas, como você afirma que não há prazo definido e também não menciona o objetivo de sua reserva vou considerar que você esteja acumulando para o curto prazo. Considerando essa perspectiva de tempo e os valores atuais de saldo e poupança mensal sugiro que continue na caderneta de poupança, pois ela não cobra taxa de administração, não tem imposto de renda e é muito seguro embora a rentabilidade não seja das melhores. Para alcançar aplicações que tenham melhor retorno financeiro você precisará de maior volume de dinheiro além de dispor de mais tempo para manter o dinheiro investido.

Edson Fernandes é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser feitas no formulário http://www.infomoney.com.br/onde-investir/infomoney-responde-formulario-pergunta


Conheça mais sobre a IBCPF, Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros
http://www.ibcpf.org.br/

 

Contato