Governo fixará preço de gás natural em reais como incentivo as termoelétricas

O governo anunciou há pouco que irá fixar em reais os preços do gás natural importado da Bolívia. O ministro de Minas e Energia, José Jorge anunciou a nova política de preço para o gás natural visando incentivar a construção de usinas termoelétricas no país. A medida representa uma tentativa de amenizar a forte dependência […]

O governo anunciou há pouco que irá fixar em reais os preços do gás natural importado da Bolívia. O ministro de Minas e Energia, José Jorge anunciou a nova política de preço para o gás natural visando incentivar a construção de usinas termoelétricas no país. A medida representa uma tentativa de amenizar a forte dependência brasileira dos recursos hídricos nacionais, que hoje respondem pela geração de 90% da energia elétrica nacional. Desta forma, quem assume o risco cambial é o Governo Federal.

José Jorge informou que o gás natural do Programa Prioritário de Termoelétricas (PPT) passará a ter preço fixo em reais pelo período de 12 meses. O gás natural utilizado para a geração de energia elétrica é cerca de 80% importado da Bolívia e sofre variação cambial, já que a cotação até então era fixada em dólares.