Em onde-investir / fundos-de-investimento

Na mosca: fundo "sniper" que tem apenas 2 ações rende 26% em outubro

Desde seu início, em novembro de 2012, o Neo Future registra ganhos de 430%

Sniper Guerra Arma
(Shutterstock)

SÃO PAULO -  Em outubro, o otimismo do mercado com a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) levou o Ibovespa a subir 14,4%. Algumas estratégias mais ousadas, porém, conseguiram ir além e entregaram um retorno ainda maior - é o caso do fundo Neo Future, que subiu  26,1% no mês passado.

Lançado em novembro de 2012, o Neo Future é um fundo voltado a investidores qualificados com alma de acionistas que possui apenas duas ações em sua carteira: CVC (CVCB3) e Localiza (RENT3). A estratégia tem mostrado a assertividade de um "sniper" - desde que foi criado, o fundo rendeu 430% ao seleto grupo de cerca de 100 investidores que detém cotas. 

Em entrevista ao InfoMoney em maio de 2017, Henrique Alvares, gestor do Neo Future, explicou que sua estratégia é examinar minuciosamente apenas 15 setores que considera excelentes, em setores que oferecem altíssimo potencial de crescimento, para então selecionar os pouquíssimos papéis que comporão a carteira do fundo – no momento, apenas dois.

Enquanto CVC já faz parte do portfólio há mais tempo, a entrada de Localiza é recente, em janeiro deste ano. “A gente já vinha estudando opções. Tivemos boas conversas com os acionistas, entendemos que estamos imbuídos de um objetivo comum e tomamos a decisão de fazer um investimento na Localiza”, contou ao InfoMoney.

Segundo ele, a equipe de análise costuma buscar um mercado dinâmico, cujas características permitam expansão constante, além de sobrevivência no longo prazo. Isso vale para ambas as empresas do fundo: “Viagem sempre vai existir. As pessoas sempre vão precisar se deslocar de A a B”, comenta o gestor. “Não é o desafio de estar em um mercado que vai deixar de existir, mas sim o de ser o melhor”.

Entre os aspectos estudados estão, por exemplo, capacidade de adaptação ao futuro, congruência com a missão de negócio e a jornada da empresa ao longo do tempo – como diz Henrique: o filme, não a foto. “Não é um evento específico, sempre uma sequência de eventos que levam a uma determinada direção”.

Para investir nos melhores fundos do mercado, clique aqui e abra uma conta na XP - é de graça!

Com o sobe e desce do mercado, Alvares explica que, ao analisar um ativo, o período mínimo que deve ser observado para tirar conclusão de mercado é 12 meses. "O foco não deve ser no passado ou no presente, mas sim na capacidade da empresa de gerar um crescimento (e um retorno) sustentável para o futuro", diz. No ano, CVCB3 sobe 15,22%, enquanto RENT3 sobe 23,76%.

No momento, o fundo conta com apenas duas empresas, mas a ideia é aumentar o número de investimentos conforme a equipe encontre nomes tão bons quanto os que possuem atualmente.

Fique por dentro de onde os maiores gestores estão investindo. Escute os programas do Papo com Gestor também no Spotify, ou no player abaixo:

 

Contato