Em onde-investir / fundos-de-investimento

Saia da poupança e invista em fundos conservadores que rendem mais

O investimento em fundos DI ficou mais atrativo em mais situações do que a poupança nos atuais patamares da Selic

economia - poupança - cofrinho
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A taxa Selic (taxa básica de juros) foi aumentada em 0,25%, saindo de 10,75% para 11% ao ano, na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária). Assim, os fundos DI passam a ter rentabilidade mais atrativa do que a poupança em mais casos, conforme dados da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade).

Mesmo existindo a desvantagem da taxa de administração e Imposto de Renda, dependendo da taxa cobrada e do tempo de investimento, a aplicação nos fundos DI é mais vantajosa. 

A poupança paga atualmente 6,17% ao ano mais a Taxa Referencial. A Anefac fez os cálculos do rendimento líquido mensal dos fundos DI, e já fez os descontos das taxas de administração e o Imposto de Renda de acordo com o tempo de resgate das aplicações.

Os campos com números na cor vermelha mostram quando a rentabilidade da poupança é maior do que a dos fundos DI. Já nos campos em verde, a vantagem é dos fundos DI.

Veja a tabela que compara a rentabilidade dos fundos de renda fixa com a rentabilidade atual da caderneta de poupança com a Selic em 10,5% ao ano (de 6,17% ao ano mais TR):

Rentabilidade dos Fundos Renda Fixa
Prazo de resgate Aliquota de IR Taxa de administração
0,5% 1% 1,5% 2% 2,5% 3%
Até 6 meses 22,5% 0,65% 0,61% 0,57% 0,54% 0,50% 0,46%
Entre 6 meses e 1 ano 20% 0,67% 0,63% 0,59% 0,56% 0,52% 0,48%
Entre 1 ano e 2 anos 17,5% 0,69% 0,65% 0,62% 0,58% 0,54% 0,51%
Acima de 2 anos 15% 0,71% 0,67% 0,64% 0,60% 0,56% 0,53%

 

Contato