A partir de R$ 5 mil

Fundo permite investir em escritórios na Vila Olímpia

O fundo tem como objetivo a aquisição e exploração de até 6 lajes comerciais do empreendimento imobiliário Vila Olímpia Corporate

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O investidor tem até o dia 7 de agosto para fazer a reserva da oferta inicial do Fundo de Investimento Imobiliário Vila Olímpia (FII Vila Olímpia Corporate). A gestão será de responsabilidade da RB Capital.

O valor inicial da cota será de R$ 100 na data da primeira liquidação, e o valor mínimo de investimento no lançamento será de R$ 5 mil, equivalente a 50 cotas na data da emissão. As cotas serão negociadas na BM&FBovespa.

O fundo tem como objetivo a aquisição e exploração de até 6 lajes comerciais do empreendimento imobiliário Vila Olímpia Corporate, construído e incorporado pela Odebrecht Realizações Imobiliárias.

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com o prospecto do fundo, há garantia de rentabilidade líquida de 9% ao ano até o fim do período de maturação do empreendimento (depois de receber o habite-se, o empreendimento entra neste período de maturação por um ano, até que se estabeleça).

Mais sobre fundos imobiliários
Os fundos imobiliários podem deter participação em imóveis de diferentes tipos, como prédios residenciais, comerciais, industriais, galpões ou shopping centers.

Entre as vantagens de investir em imóveis por meio dos fundos, está a diversificação do portfólio com um capital menor e a isenção de Imposto de Renda sobre os rendimentos. Para ter esta isenção, o investidor pessoa física deve deter menos de 10% das cotas e o fundo precisa ter, no mínimo, 50 investidores, além de suas cotas serem negociadas em bolsa.

A compra e venda das cotas é feita por meio da corretora de valores. Por isso, é preciso ter cadastro em uma para conseguir fazer estas transações. Assim como as ações, as cotas dos fundos possuem códigos que devem ser digitados no home broker, para que a operação seja efetuada.