Aquisições

Fundo da Bluemacaw compra seis andares do “prédio do Google” em SP; Vinci aposta em shoppings em quatro estados

Juntas, as operações anunciadas pelos dois fundos imobiliários somam mais de R$ 620 milhões

Por  Wellington Carvalho -

SÃO PAULO – Dois fundos imobiliários foram às compras no início desta semana e movimentaram, juntos, mais de R$ 620 milhões com as aquisições. Os negócios foram confirmados em fatos relevantes do Bluemacaw Catuaí Triple A (BLCA11) e do Vinci Shopping Centers (VISC11), que sinalizam para impacto imediato no rendimento aos cotistas.

O Bluemacaw Catuaí Triple A comprou seis andares da torre norte do edifício Pátio Victor Malzoni, considerado um marco na Avenida Brigadeiro Faria Lima, coração financeiro da capital paulista e uma das regiões mais caras da cidade.

Os andares adquiridos pelo FII estão completamente locados, sendo 66% do espaço destinado para a Google Brasil. A Casa dos Ventos Energias Renováveis ocupa 17% da área, e os 17% restantes estão locados pela Planner Trustee DTVM.

O valor total da operação foi de R$ 364 milhões. A expectativa dos administradores – a Bluemacaw e a Catuaí Gestora de Recursos – é de que a aquisição dos ativos gere um impacto positivo na receita mensal do fundo de R$ 1,67 por cota.

Localizado no número 3.477 da Avenida Brigadeiro Faria Lima, o edifício Pátio Victor Malzoni – conhecido como o “prédio do Google” – ocupa um terreno de 17 mil metros quadrados. Possui 20 pavimentos, seis subsolos e lajes corporativas de até 5 mil metros quadrados.

Aposta em shoppings em quatro estados

Já o fundo Vinci Shopping Centers (VISC11) anunciou que adquiriu participação em mais quatro complexos comerciais, todos localizados em estados diferentes. De acordo com a gestão do FII, o fundo comprou 21% do Pantanal Shopping, localizado em Cuiabá (MT); 49% do Porto Velho Shopping, em Porto Velho (RO); 40% do Shopping Boulevard, no Rio de Janeiro (RJ); e 100% do North Shopping Maracanaú, localizado em Maracanaú (CE).

A operação garante ao fundo parte dos resultados financeiros dos shoppings, proporcionalmente à participação adquirida em cada um deles.

Parte do recurso utilizado na operação foi obtida com a sétima emissão de cotas, encerrada nesta segunda-feira (27), totalizando R$ 363 milhões.

Segundo o fundo, a transação representa um incremento de R$ 0,03 por cota no rendimento mensal distribuído aos cotistas. Adicionalmente, a gestão do Vinci estima que o rendimento mensal distribuído de outubro de 2021 a setembro de 2022 se situe entre R$ 0,60 e R$ 0,66 por cota.

Com a conclusão do negócio, o portfólio do fundo passa a ter 19 shopping centers, distribuídos em 12 estados, somando mais de 220 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), um aumento de aproximadamente 40% da ABL do Vinci.

Calcule sua renda com FIIs
Baixe uma planilha gratuita que mostra o retorno com dividendos de uma carteira de fundos imobiliários:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

Compartilhe