FTX propõe devolver bilhões de dólares a clientes

Corretora de criptomoedas apresentou pedido para encerrar processo de proteção contra falência

Bloomberg

(Andrey Rudakov/Bloomberg)

Publicidade

A FTX apresentou uma proposta devolver bilhões de dólares a clientes e credores, iniciando uma rodada final de possíveis disputas judicial sobre a melhor forma de encerrar o caso de falência da exchange de criptomoedas que entrou com pedido de proteção contra falência em novembro de 2022.

O plano de reorganização deixou algumas das questões mais importantes sem resposta, incluindo se a FTX relançará a plataforma, como a empresa estimará o valor de alguns tokens que possui e quanto os credores podem de fato esperar receber de volta.

No próximo ano, o plano será enviado aos credores para votação – de deverá trazer mais detalhes – antes de ser enviado ao juiz de falências dos EUA, John Dorsey, para aprovação final. Os principais grupos de credores e clientes que estiveram envolvidos no processo de recuperação judicial concordaram com as linhas gerais do plano.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O plano de pagamento prevê a distribuição de bilhões de dólares em dinheiro depois que muitas das criptomoedas da empresa forem liquidadas.

No mês passado, o fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, foi condenado por orquestrar um grande esquema que levou ao colapso da FTX.

A empresa pediu falência no ano passado depois que Bankman-Fried concordou em entregar o controle de seu império a profissionais de reestruturação. Desde então, os consultores têm rastreado ativos e tentado desembaraçar uma complexa teia de dívidas com vários credores, incluindo clientes que colocam dinheiro e criptomoedas na plataforma de negociação.

Continua depois da publicidade

© 2023 Bloomberg L.P.

Tópicos relacionados