FGV: 60,2% das indústrias brasileiras pretendem investir mais em 2007

Nos últimos dois anos, gastos com ampliação e reformas de instalações industriais seguem uma trajetória crescente

SÃO PAULO – Segundo a Sondagem da Indústria, divulgada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) nesta segunda-feira (20), 60,2% das indústrias brasileiras pretendem investir mais em 2007.

O dado positivo é referente ao montante de investimentos produtivos programados para este ano em comparação ao ano de 2006.

Ampliação e reformas

Os investimentos destinam-se, principalmente, à ampliação e reformas das instalações industriais. Em 2005, os gastos neste quesito representaram 31% do total apresentado pelas indústrias, enquanto que em 2006, o número cresceu para 48%.

PUBLICIDADE

Por sua vez, o volume de investimentos em capital fixo também registra dados positivos: 38% das empresas investiram mais nos seis primeiros meses deste ano do que no período similar anterior. Para o segundo semestre de 2007, um novo avanço é esperado, com 42% das empresas planejando maiores investimentos.