Ethereum dispara 19% com expectativa de aprovação de ETF da criptomoeda nos EUA

A SEC pediu para gestoras interessadas em lançar os ETFs atualizarem a documentação enviada

Lucas Gabriel Marins

(Kanchanara/Unsplash)

Publicidade

O Ethereum (ETH) disparou 19% no início da noite desta segunda-feira (20) após a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) pedir para gestoras que desejam lançar ETFs (fundos de índice) à vista da criptomoeda atualizarem os principais documentos relacionados a esses produtos.

A informação foi divulgada pelo jornal The Wall Street Journal, mencionando pessoas familiarizadas com o assunto. O portal especializado em criptomoedas CoinDesk também publicou matéria relatando o movimento do xerife do mercado de capitais americano.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Continua depois da publicidade

O pedido não significa que os veículos de investimento serão autorizados. No entanto, depois dos reumores, os analistas de ETF da Bloomberg Intelligence, Eric Balchunas e James Seyffart, disseram que as chances de aprovação do produto passaram de 25% – porcentagem mencionada há poucos meses – para 75% nesta segunda.

Diversas empresas como VanEck, BlackRock, Grayscale, Ark Invest e 21Shares enviaram para o regulador pedidos para criar os fundos de índice à vista de Ether. O regulador tem até a quinta-feira (23) para decidir sobre a primeira solicitação, feita pela VanEck.

Por volta das 19h35, o Ethereum é negociado a US$ 3.652, com alta de 19% nas últimas 24 horas. Na semana, o ativo digital entrega ganhos de 24%. Criptos ligadas ao projeto também sobem forte. A Uniswap (UNI) valoriza 20%.

Continua depois da publicidade

Além de ser puxado pelos ETFs, o preço do ETH também é impactado pelo otimismo com o Bitcoin (BTC). A maior criptomoeda do mercado disparou na tarde de hoje e passou dos US$ 69 mil, o melhor preço em cinco semanas.

Um dos catalisadores de alta do BTC foi o fluxo positivo nos ETFs de BTC à vista dos EUA, que acumularam um total de US$ 948,3 milhões em entradas líquidas na semana passada, revertendo o cenário visto no início deste mês.