OPERAÇÕES ESTRUTURADAS

Em casa, investidores comuns turbinam rendimentos operando com opções

Usando estratégias ensinadas pelo matemático Su Choung Wei, eles encontraram forma pouco convencional de gerar uma renda recorrente; prática envolve riscos

stocks mercado ações índices bolsa baixa queda crash sell
(Getty Images)

SÃO PAULO – “Eu tinha tempo para estudar e precisava ganhar dinheiro com alguma coisa. Foi aí que pensei: por que não?”

Diego Alves, 42 anos, foi um dos milhares de brasileiros que perderam seus empregos desde o início da pandemia da covid-19 e se viram obrigados a procurar por alternativas para ganhar dinheiro. No seu caso, a solução encontrada não foi a mais convencional.

“Meu primo já mexia com operações estruturadas e me disse para pesquisar sobre o assunto também. No início, achei que não daria conta, mas deu certo. O segredo é ir com calma e sofisticando sua forma de operar aos poucos”, afirma Diego. “Nunca pensei que iria conseguir pagar minhas contas com dinheiro do mercado financeiro.”

Diego é apenas um dos alunos do matemático e analista Su Choung Wei, especialista em operações estruturadas. Nesta semana, o professor está oferecendo um curso gratuito de opções para iniciantes. Você pode acessá-lo por tempo limitado clicando aqui.

Operações estruturadas são estratégias que combinam dois ou mais ativos em uma só negociação. Segundo Su, seu método permite que o investidor maximize o potencial de ganho e gerencie o risco envolvido em cada operação.

“Você cria uma espécie de ‘estrutura’ dentro da bolsa de valores. Funciona como se fosse uma ponte com vários pilares de apoio. Se um pilar cair, você ainda vai ter dois ou três outros pilares sustentando o restante da ponte”, explica o matemático.

Apesar do gerenciamento de riscos, é preciso lembrar que as operações no mercado de renda variável envolvem riscos de perda do capital investido, e que retornos passados nunca são garantia de rendimentos futuros.

“O que tenho feito é separar parte do meu ganho para reinvestir e parte para pagar algumas contas de casa. Ainda não ganhei uma quantia absurda, mas estou aumentando meus investimentos aos poucos, como o Su ensinou”, conta Diego.

Assim como Diego, outros investidores também estão usando as estratégias ensinadas por Su para melhorar sua situação financeira após terem perdido o emprego.

Andréa de Camargo, 32 anos, conta que já tinha um conhecimento prévio sobre o mercado financeiro antes de começar a operar com opções. No entanto, depois de ter sido dispensada da empresa em que trabalhava, decidiu aprofundar seu conhecimento e aproveitar o momento para mergulhar em uma nova classe de investimentos.

“Eu precisava de algo que tivesse o potencial da renda variável, mas que não fosse tão caro quanto uma ação. Foi aí que as operações do Su com opções caíram como uma luva. Hoje, eu monto as operações e vou acompanhando o andamento delas. Tenho tido ganhos quase todos os meses e esse dinheiro tem feito muita diferença”, conta.

THL

Com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, Su desenvolveu estratégias que permitem que o investidor realize operações com potencial de retorno contínuo. Segundo ele, essas estratégias consistem na construção de operações que tenham um limite de ganho, mas também um limite de perda.

Uma das operações mais usadas e ensinadas por Su é a Trava Horizontal de Linha. Nela, o investidor faz a compra de uma call (opção de compra) com vencimento mais longo e vende outra call com vencimento mais curto, ambas com o mesmo strike (preço de exercício).

“O princípio da THL para agregar valor se deve à diferença de desgaste entre dois contratos de vencimentos diferentes. Um exemplo: considerando que a ação Vvar3 esteja negociando perto de R$ 15,00, se comprarmos a opção VvarH150 (com vencimento em agosto/2020) e vendermos VvarG150 (com vencimento em julho/2020), o desgaste da G150 é maior do que o da H150, o que gera ganhos com o passar do tempo”, explica.

Quer saber mais sobre as estratégias de operações estruturadas com opções ensinadas? Clique aqui e tenha acesso ao mini curso gratuito “O Segredo das Tesourarias”. Nele, o matemático e analista Su Choung Wei revela estratégias de investimentos restritas a alguns círculos do mercado financeiro.