11 são brasileiras

Credit Suisse lista as melhores ações para 2016 na América Latina

Os analistas, no entanto, mantiveram recomendação negativa para o Brasil

SÃO PAULO – Os analistas do Credit Suisse divulgaram relatório em que apontam suas “Top Picks” para o ano de 2016 na América Latina. Das dezesseis ações que fazem parte do levantamento da instituição financeira, onze são companhias brasileiras.

Três dos papéis são de empresas mexicanas e ainda entram na compilação uma chilena e uma peruana. Mesmo assim, os analistas atribuem recomendação negativa de Underweight (menor peso na carteira) para o Brasil.

Já o México e a Colômbia foram elevados, do patamar de Marketweight (desempenho em linha com o mercado) para Overweight (maior peso na carteira). O Chile, por sua vez, foi reduzido para Marketweight e a recomendação do Peru também ficou negativa em Underweight.

PUBLICIDADE

Confira as “top picks” do Credit Suisse para 2016:

EmpresaTickerPaís
Energias do BrasilENBR3Brasil
JBSJBSS3Brasil
Porto SeguroPSSA3Brasil
UnifinMéxico
FibriaFIBR3Brasil
SABMéxico
Embotelladora AndinaChile
WalmexMéxico
MarfrigMRFG3Brasil
Raia DrogasilRADL3Brasil
QualicorpQUAL3Brasil
BB SeguridadeBBSE3Brasil
CosanCSAN3Brasil
CredicorpPeru
MRVMRVE3Brasil
RennerLREN3Brasil