Brasileira na lista

Confira as 10 ações para ter na carteira nos próximos 10 anos, segundo o Deutsche Bank

As ações do Itaú Unibanco entraram na lista do Deutsche Bank dos 10 melhores ativos entre países da América Latina e Emergentes

SÃO PAULO – O Deutsche Bank fez uma lista das 10 ações de companhias da América Latina e de países emergentes que devem valorizar muito nos próximos 10 anos, e os papéis de uma companhia brasileira estão na lista: Itaú Unibanco (ITUB4).

O Itaú Unibanco é o maior banco privado do Brasil, com um mercado de capitalização de US$ 82 bilhões e R$ 1,1 bilhão em ativos até o fim do primeiro semestre de 2014. Após a fusão com o Unibanco, em 2008, o grupo tornou-se um dos maiores conglomerados do setor financeiro no mundo, em capitalização de mercado. Além disso, a companhia construiu uma sólida presença em toda a América Latina, incluindo Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru, Paraguai e Uruguai, com mais de 90 mil empregados.

O core business do Itaú Unibanco é banco de varejo, mas ele está presente em todas as principais áreas de serviços financeiros. Segundo o banco alemão, em relatório, o grupo é também cada vez mais centrado numa estratégia internacional, que deverá permitir-lhes expandir ainda mais no países onde já estão presentes na América Latina. “A mais recente fusão com a Corpbanca, em janeiro, expandiu sua presença no Chile e Colômbia, tornando-se a quarta e quinta maior player em cada país, respectivamente, o que é essencial para a continuação da sua internacionalização estratégia”, afirmou.

PUBLICIDADE

Além das ações do banco brasileiro, o Deutsche Bank ainda recomendou as ações da CCU (CCU.N), do Chile; da Coca-Cola Icecek (CCOLA.IS), da Turquia; da Credicorp (BAP.N), do Peru; da First Gulf Bank (FGB.AD), dos Emirados Árabes Unidos; da Garanti Bank (GARAN.IS), da Turquia; da Lenta (LNTAq.L), do México; da Magnit (MGNTq.L), da Rússia; da Naspers (NPNJn.J), da África do Sul; e da Sberbank (SBER.MM), da Rússia.