Confira a agenda da segunda semana de novembro

No Brasil, a segunda semana de novembro será marcada pela divulgação de importantes índices de inflação. Na segunda-feira, será divulgado o IPC de outubro pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP (Fipe). Na quinta-feira, a Fundação Getúlio Vargas publicará o IGP-M referente ao primeiro decêndio do mês, o que representa a primeira prévia de […]

No Brasil, a segunda semana de novembro será marcada pela divulgação de importantes índices de inflação. Na segunda-feira, será divulgado o IPC de outubro pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP (Fipe). Na quinta-feira, a Fundação Getúlio Vargas publicará o IGP-M referente ao primeiro decêndio do mês, o que representa a primeira prévia de novembro. Por fim, na sexta-feira será a vez do INPC e do IPCA de outubro, ambos divulgados pelo IBGE.

Nos EUA, ocorrerá na terça-feira a reunião mensal do Fed, o banco central norte-americano, quando será decidido o novo patamar dos juros no país. Na quarta-feira, serão anunciados os dados do consumer credit de setembro, total de crédito concedido aos consumidores norte-americanos. E na sexta-feira, serão divulgados dois índices de inflação norte-americanos, o PPI e o Core PPI.

A segunda-feira tem início com a divulgação do saldo da balança comercial brasileira, referente à primeira semana de novembro. Por sua vez, na Argentina será publicado o IPC, o índice de preços ao consumidor. No Brasil, a Fipe irá divulgar o IPC de outubro.

Na terça-feira, será anunciada a taxa de desemprego na Europa de setembro, referente à região dos 12 países que compõem a zona do euro. Nos EUA, ocorrerá à reunião do Federal Reserve, quando será decidida a política monetária no país.

A quarta-feira começa com a divulgação de índices econômicos norte-americanos. Primeiramente teremos o productivity and costs do terceiro trimestre, que mede os custos e a produtividade na indústria norte-americana. No final da tarde, será a vez do consumer credit de setembro. Além disso, o departamento de energia divulgará as reservas de petróleo e gás natural nos EUA, e será reportada uma pesquisa sobre o comércio do setor atacadista no país em setembro. No Brasil, o IBGE divulga a pesquisa mensal industrial, que mediu a produção industrial de setembro.

Já na quinta-feira, a Europa divulgará o resultado do PIB do continente em outubro. O BCE (Banco Central Europeu) se reunirá para definir as taxas de juros nos 12 países da zona do euro, sendo que também neste dia o Banco da Inglaterra também definirá a sua política monetária. Nos EUA, o initial claims, que mede o número de pedidos de auxílio-desemprego, do período entre 27 de outubro a 3 de novembro será um dos destaques neste dia, que também deverá contar com a publicação da ata da reunião do Fed de outubro. A Argentina publicará os dados de sua balança comercial do mês de outubro.

Na sexta-feira, o Brasil deverá divulgar alguns de seus índices de inflação. O IBGE publicará o INPC e o IPCA referentes ao mês de outubro e a FGV do Rio de Janeiro divulgará o IPC, medido na antiga a capital federal, referente ao mês de outubro. Já nos EUA, será divulgado o PPI, índice de preços de atacado, de outubro. Também será divulgado o núcleo do PPI (Core PPI), que exclui produtos de preços voláteis como combustíveis e alimentos, relativo ao mês passado. No México, serão divulgados os dados da balança comercial do mês de setembro.