“Comprar e manter ações funciona, mesmo quando parece que não”, diz especialista

A estratégia de segurar uma ação mesmo em baixa pode ser um desafio, mas, para especialista, também pode ser compensadora

Lys Silva

(Shutterstock)

Publicidade

SÃO PAULO – A maior parte dos investidores não aguenta ver suas ações valendo metade do preço que valiam antes. Exatamente por isso, comprar e manter ações por um longo tempo não é para todo mundo. “Comprar e manter ações (estratégia conhecida como buy & hold) funciona, mesmo quando parece que não. O fato de tantas pessoas acharem que essa é uma estratégia impossível de ser manejada é a razão pela qual ela continua funcionando através dos tempos. E essa é a chave para o sucesso: abordagem de longo prazo”, explica Ben Carlson, planejador financeiro americano em artigo publicado no site Business Insider.

Conforme o especialista pontua, é preciso saber que a frase principal nesse tipo de estratégia que não deve ser esquecida nunca é “retorno a longo prazo”. Segundo ele, a maioria dos investidores não vê dificuldade em manter suas ações em períodos de bull market (mercado em alta), mas, é só o mercado apresentar uma leve queda para a maioria mudar de ideia e começa a vender.

Jason Zweig, autor de diversos livros sobre investimento, acredita que há um paradoxo que sustenta a compra e manutenção de ações. “Talvez seja até bom que compra e manutenção esteja fora de moda. Para prevalecer como uma estratégia de investimento bem sucedida, ela precisa passar por um prolongado período em que pareça não funcionar mais. Assim, os que não acreditavam muito na tática vão ficando pelo caminho e o “buy & hold” ressurge ainda mais forte. Pode até levar algum tempo, os louros podem não ser visíveis em anos, mas sim em décadas ou até mesmo gerações”.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Ben aponta que a estratégia pode não ser perfeita, mas pode valer a pena se o investidor souber utilizá-la da maneira correta. “Nenhuma estratégia de investimento é perfeita, mas, não é porque algo parece difícil que você vai deixar de fazê-lo”. Para ele, o “buy & hold” deve ser feito principalmente em momentos de crise nos mercados. “É muito mais fácil aplicar a estratégia quando o mercado está em alta, mas, se você já começar pensando assim, as chances de dar errado são muito altas”.