Ações e preocupação social

Como investem os maiores gestores de patrimônio do país

Assista à entrevista com Guilherme Ferraioli, diretor executivo da UBS Consenso, e Leonardo Martins, CIO da Turim

SÃO PAULO – Mais ações na carteira e maior preocupação em incluir investimentos que sigam os critérios ESG. De forma resumida, assim estão investindo muitos dos clientes da Turim e da UBS Consenso, dois dos principais multi-family offices do Brasil, especializados em gerir os recursos de famílias com patrimônio na casa de alguns milhões de reais.

Na entrevista disponível no link acima, Leonardo Martins, diretor de investimentos da Turim, disse que, com a queda dos juros no Brasil, os investidores que são clientes da casa passaram a aplicar mais em Bolsa, aqui e no exterior (lá fora, especialmente em ações do setor de tecnologia nos Estados Unidos).

Também houve um aumento de exposição a investimentos de crédito.

Guilherme Ferraioli, diretor executivo da UBS Consenso, acrescentou a importância de investimentos pouco líquidos, como fundos de private equity e de venture capital, num planejamento financeiro de longo prazo.

Ambos também afirmaram que mais investidores estão buscando opções ESG. “O futuro será digital e verde”, disse Ferraioli. Por isso, faz parte do processo de alocação desses escritórios avaliar as práticas ESG das gestoras que indicam aos clientes.

O desafio é separar o que é marketing de iniciativas que são realmente sólidas. “Uma maneira de fazer isso é analisar as principais posições dos fundos e ver se são coerentes com o discuso da gestora”, disse Martins.

A entrevista faz parte da série VRB Talks. Ferraioli e Martins integram o comitê de investimentos do fundo VRB, que completa quatro anos com um retorno acumulado de 142% do CDI. Parte da taxa de administração do fundo é doada a projetos sociais (saiba mais).

Os gestores Rogério Xavier (SPX), Rodrigo Azevedo (Ibiúna), Fabio Spinola (Apex), Florian Bartunek (Constellation), Marco Aurelio Freire (Kinea), Mauricio Bittencourt (Velt), Bernardo Feijó (Kapitalo), Gustavo Daibert e Thiago Mendez (ambos da Bahia Asset), entre outros, já foram entrevistados como parte dessa série (confira).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aprenda a identificar as ações com maior potencial de valorização: assista à série gratuita Stock Picking – A Habilidade mais Valiosa do Mercado