“Sólida geração de caixa”

Citi inicia cobertura de Arezzo. Veja recomendação

A marca Anacapri deve conduzir o crescimento da companhia nos próximos anos

 SÃO PAULO – A Citi Corretora iniciou na quarta-feira (12) a cobertura das ações da Arezzo (ARZZ3) com recomendação neutra para os papéis. O preço-alvo estimado em 12 meses é de R$ 32, valor apenas 0,8% acima do registrado no último fechamento.

 A corretora conta que a Arezzo é a maior varejista de calçados no país, com 45 anos de história e produtos distribuídos em cinco marcas por meio de franquias, lojas multimarcas e flagships, além das plataformas de e-commerce.

 A “sólida geração de caixa” da companhia agrada aos analistas da corretora, mas a Citi prefere, no varejo, os papéis da Renner (LREN3) por terem mais liquidez e oferecerem mais alavancagem em cenário de recuperação da economia brasileira.

PUBLICIDADE

 Segundo a Citi, a marca Anacapri deve conduzir o crescimento da companhia nos próximos anos, enquanto a Arezzo e a Schutz contribuem atualmente com 90% das receitas. “Esperamos que a Anacapri guie o crescimento daqui para frente”, diz a corretora.

 Lançada em 2008, a Anacrapri é focada em sapatos e atualmente possui 80 lojas e a Citi vê espaço para ampliação das unidades, mais que dobrando a base de lojas nos próximos 5 anos. “A companhia ajustou o formato ao longo de 2016, e agora acreditamos que o retorno da loja está atraente para chamar novos franqueados”, observam os analistas.

 Nos Estados Unidos, a Arezzo opera com a marca Schutz desde 2012. “Enquanto vemos isto como uma boa oportunidade para alcançar um grande mercado, desafios relacionados a exportação, o timing das estações, e diferenças nos costumes de compras poderiam se tornar uma barreira, se não bem adaptados à realidade local”, pondera a corretora.