Carteira de renda fixa negativa em fevereiro? Títulos de inflação podem ser “culpados”

Papéis de inflação entregaram os piores retornos no mês – quanto mais longo o título, pior foi o retorno

Leonardo Guimarães

Publicidade

Quem investiu nos títulos atrelados à inflação do Tesouro Direto em fevereiro viu a rentabilidade da carteira ir para o vermelho. A taxa dos papéis subiu, fazendo com que quem já estava alocado no início do segundo mês do ano capturasse retorno negativo. 

Quanto mais longos os títulos, maior o retorno negativo, chegando a -1,54% no Tesouro IPCA+ 2055. Somente o papel mais curto, com vencimento em 2024, entregou rentabilidade positiva, de 0,70%, entre os títulos de inflação. O ativo está disponível somente no mercado secundário. 

Para Bruna Sene, analista da Nova Futura, “os prêmios estão bastante atrativos”. Hoje, o Tesouro IPCA+ 2045 oferece a maior rentabilidade entre os papéis disponíveis no mercado primário: 5,76% além da variação da inflação. O menor retorno é do Tesouro IPCA+ 2029, com juro real de 5,52%. 

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

CDB 230% do CDI

Destrave o seu acesso ao investimento que rende mais que o dobro da poupança e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A especialista, porém, alerta para a importância de alocar parte do patrimônio disponível para investimentos de prazo maior, “dada a volatilidade das taxas no curto prazo”. Afinal, investir pensando em vender antes pode render prejuízo ao investidor, como aconteceu com os títulos de inflação em fevereiro. 

O Tesouro trocou, no mês passado, o vencimento dos prefixados disponíveis para investimento. Por isso, não há dados sobre a variação mensal de rentabilidade dos novos ativos. Porém, os negociados no secundário seguiram a mesma lógica dos papéis de inflação, com retorno pior nos prazos mais longos, que geralmente são mais voláteis. 

Sene diz que o prêmio oferecido pelos prefixados atualmente pode ser atrativo ao considerar projeções para a Selic terminal entre 8,5% e 9,5%, mas pondera: “temos taxas no mercado privado que podem ser alternativas ainda melhores”. O prefixado mais longo, com vencimento em 2035, paga, hoje, 10,78% ao ano. 

Continua depois da publicidade

Nos títulos pós-fixados, atrelados à Selic, o retorno de 1% ao mês já não é realidade. Com a taxa básica de juros em 11,25%, o retorno mensal dos títulos fica na casa dos 0,9%. “Acredito que o Tesouro Selic é interessante para reserva de liquidez”, diz Sene. 

Veja os rendimentos dos títulos do Tesouro Direto em fevereiro e no acumulado do ano:

TituloRentabilidade em fevereiro (%)Rentabilidade no ano (%)Rentabilidade em 12 meses (%)Taxa de compra (%)Taxa de venda (%)
Tesouro Prefixado 20240,831,7113,7110,54
Tesouro Prefixado 20250,691,4814,8810,03
Tesouro Prefixado 20260,160,8418,2210,01
Tesouro Prefixado 202710,1210,24
Tesouro Prefixado 2029-0,79-1,0527,3610,72
Tesouro Prefixado 203110,8710,99
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 20250,661,514,4810,07
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027-0,130,4419,1710,24
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029-0,52-0,4222,8210,65
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2031-0,7-1,1824,910,87
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2033-0,98-1,6326,8510,94
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 203510,911,02
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 20240,72,1310,457,25
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026-0,070,7410,885,77
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2030-0,2-0,3613,075,66
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2032-0,18-0,8713,965,74
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035-0,49-1,4415,185,645,76
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2040-0,92-1,8916,995,665,78
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2045-1,24-2,3117,445,84
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050-1,46-2,618,255,84
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2055-1,54-3,0118,615,715,83
Tesouro IPCA+ 20240,682,1310,437,25
Tesouro IPCA+ 2026-0,150,5910,985,75
Tesouro IPCA+ 2029-0,12-0,4613,25,565,68
Tesouro IPCA+ 2035-0,83-2,5417,795,655,77
Tesouro IPCA+ 2045-2,68-4,7623,755,785,9
Tesouro IGPM+ com Juros Semestrais 2031-1,33-0,123,935,68
Tesouro Selic 20240,91,8312,77-0,02
Tesouro Selic 20250,891,8312,780
Tesouro Selic 20260,871,8212,950,05
Tesouro Selic 20270,91,8612,960,110,12
Tesouro Selic 20290,841,812,960,160,17
Fonte: Tesouro Direto