Cai número de investidores pessoa física na BM&F Bovespa

No final do quarto mês do ano, a CBLC contabilizava 519.057 contas, queda de 1,25% frente aos 525.603 de março

SÃO PAULO – O número de pessoas físicas que aplicam na Bolsa de Valores de São Paulo continua alto, principalmente na comparação com anos anteriores, no entanto, de acordo com dados da BM&F Bovespa, o número de contas de investidores de varejo com posição em custódia apresentou recuo em abril, na comparação com março deste ano.

No final do quarto mês do ano, a CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) contabilizava 519.057 contas de investidores pessoa física, queda de 1,25% frente aos 525.603 de março.

Participação dos investidores

Em abril, a participação dos investidores pessoa física no volume total da BM&F Bovespa também caiu, passando de 33,82% para 30,85% de um mês para outro.

Mesmo com o recuo, os investidores de varejo permanecem na segunda posição do ranking de participação dos investidores na bolsa. A primeira posição segue com os investidores estrangeiros, que apresentaram um avanço frente ao terceiro mês do ano.

As aplicações realizadas por investidores estrangeiros representaram 36,23% do volume total da bolsa, ante 34,01% registrados em março, como mostra a tabela abaixo:

Tipo de InvestidorMarço 2009 (%)Abril 2009 (%)
Estrangeiros34,0136,23
Pessoa Física33,8230,85
Institucionais23,6424,69
Instituições financeiras6,606,22
Empresas1,871,97
Outros0,050,04

Fonte: BM&F Bovespa

Clubes de investimento

Os novos registros de clubes de investimento – grupos de pessoas físicas que se unem para investir na bolsa – somaram 31 em abril. No total, a BM&F Bovespa encerrou o mês passado com 2.806 clubes de investimentos.

Segundo os dados divulgados na quinta-feira (7), o patrimônio líquido totalizou R$ 8,04 bilhões e o número de cotistas é de 146,38 mil, segundo os últimos números disponíveis, de março de 2009.