Hora de comprar

“Bovespa será a bolsa mais desejada do mundo a partir de 2015”, diz economista americano

James Gulbrandsen, gestor da NCH Capital Brasil, ainda afirmou que isso irá ocorrer independente de quem vencer as eleições

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – “Independente de quem vencer as eleições, a bolsa de valores brasileira será a mais desejada do mundo a partir de 2015”, afirmou o americano texano James Gulbrandsen, gestor da NCH Capital Brasil, ao InfoMoney.

Segundo ele, os EUA tem uma cultura muito mais evoluída de equities que o Brasil, mas isso vai mudar ao longo do tempo. “Mesmo com taxas de juros altas, o investidor que está alocando o dinheiro mais em renda fixa do que em equities está perdendo o jogo e a oportunidade de longo prazo aqui no Brasil. Nós acreditamos muito no longo prazo deste país, independente de quem vencer as eleições”, disse.

Gulbrandsen afirmou que, se não acreditasse nisso, não teria vindo para cá montar uma gestora. Para ele, CDI não é suficiente para o longo prazo e, apesar de ser importante ter uma posição em renda fixa, deixar 100% do capital nisso não faz sentido para o longo prazo.

Em relação à afirmação de que isso irá ocorrer com qualquer um dos candidatos vencendo, o gestor explicou que nos EUA eles têm Obama, que, para ele, é a pior pessoa possível para o mercado de ações, e mesmo assim a bolsa americana subiu muito neste ano. Então o presidente não tem relação direto com o desempenho da bolsa.