para comprar

BB Investimentos recomenda ex-microcap e espera alta de 52%

A BB Investimentos projetou o preço-alvo das ações da Tupy em R$ 26

SÃO PAULO – A BB Investimentos divulgou relatório com análise positiva para as ações da Tupy (TUPY3), após os resultados do 4º trimestre do ano passado – considerado forte pela equipe de análise.

“A Tupy registrou bom resultado no quarto trimestre de 2013, apresentando forte crescimento de margens de rentabilidade e no lucro líquido, como consequência da expressiva expansão de receitas e bom gerenciamento das despesas operacionais”, diz o relatório assinado pelos analistas Mário Bernardes Junior e Gabriela Cortez.

Com isso, a BB Investimentos projetou o preço-alvo das ações da empresa em R$ 26, o que indica potencial de valorização de 52% até o final do ano. 

PUBLICIDADE

Em janeiro de 2013, a gestora de recursos Fama Investimentos divulgou um relatório classificando a Tupy como uma “microcap”. À época, o volume médio de negociação dificilmente ultrapassava os R$ 500 mil por dia. Atualmente, a Tupy negocia acima de R$ 1 milhão diariamente – a média dos últimos 10 pregões foi de R$ 3,2 milhões.

Justificativas da BB Investimentos
De acordo com a corretora, a recuperação da economia americana foi fator benéfico para o desempenho da Tupy, já que 70% das receitas vêm do mercado externo – principalmente dos Estados Unidos.

Além disso, contribuiu para o bom resultado do quarto trimestre o crescimento de 11,4% no volume físico de vendas; a expansão de 32% na receita líquida e a diminuição da alavancagem da empresa.

Já a forte alta nos custos foi o ponto negativo do balanço, principalmente por conta da elevação de 20% na mão-de-obra e da inflação no preço médio da sucata. “Mas ainda assim, houve estabilidade em relação a ROL da companhia”, dizem os analistas.

Perspectivas de longo prazo
Para o longo prazo, as perspectivas para a empresa permanecem positivas. “Acreditamos que o setor de pesados no Brasil e o mercado de picapes nos Estados Unidos vão impactar positivamente a demanda da companhia. Por outro lado, o desempenho aquém do desejado nas vendas da Caterpillar e da John Deere acende a luz de alerta para o início deste ano”, concluem.