"Ifix L"

B3 lança índice de fundos imobiliários com ativos de maior liquidez; confira a carteira

Subíndice do Ifix, benchmark vai acompanhar o desempenho das cotações dos 51 FIIs mais líquidos negociados em Bolsa

investir no mercado imobiliário

SÃO PAULO – A B3 lançou na segunda-feira (22) o segundo índice de fundos imobiliários do mercado, o “Ifix L”, que tem como objetivo medir o desempenho dos 51 FIIs mais líquidos negociados na Bolsa brasileira.

O Ifix L será um subíndice do Ifix, o principal referencial do mercado. Para entrar no novo índice, o fundo imobiliário precisa pertencer ao Ifix, cuja carteira teórica tem hoje 87 nomes. Não entram no Ifix L ativos classificados como “penny stock“, que são aqueles com valor inferior a R$ 1 no período de um ano.

Os fundos do novo índice terão suas cotas ponderadas na carteira por seu valor de mercado total (número total de cotas emitidas multiplicado por sua última cotação em mercado).

Para compor a carteira do Ifix L, o fundo precisa estar classificado entre os ativos elegíveis que, no período de vigência das três carteiras anteriores, em ordem decrescente de Índice de
Negociabilidade (IN), representem em conjunto 85% do somatório total desses indicadores.

Em outras palavras, para o papel entrar no índice, ele precisa estar no “top 85%” do ranking da métrica de liquidez IN da B3.

Caso o ativo faça seu IPO durante o período de vigência das três carteiras anteriores ao rebalanceamento, ele será elegível ao índice, desde que a oferta tenha sido realizada antes do rebalanceamento anterior, e que o fundo possua 95% de presença nas negociações desde o início na Bolsa e atenda aos critérios listados anteriormente.

Além disso, segundo a B3, a participação de um fundo no índice não poderá ser superior a 20%. Caso isso ocorra, serão efetuados ajustes para adequar o peso do fundo a esse limite, redistribuindo-se o excedente proporcionalmente aos demais ativos da carteira.

“Nos últimos dois anos, o mercado de FIIs cresceu, aproximadamente, 123%, tornando-se o principal produto procurado pelas pessoas físicas depois das ações. Com isso, a B3, em parceria com o mercado, passou a olhar muito mais de perto para esse produto e como poderíamos desenvolvê-lo ainda mais. A criação do IFIX L é o primeiro passo de uma estratégia voltada para os fundos imobiliários que a B3 tem para 2021”, disse Mário Palhares, diretor de Produtos Listados da B3, em nota à imprensa.

PUBLICIDADE

Atualmente, a B3 possui mais de 300 FIIs listados, um aumento de 64% em relação a dezembro de 2018. Além disso, o número de investidores teve um aumento de aproximadamente 600%, passando de 200 mil para mais de 1,2 milhão de investidores no período.

O InfoMoney vai premiar, nos dias 23 e 24 de fevereiro, os gestores de fundos de ações, multimercados, renda fixa e de fundos imobiliários que conseguiram entregar aos investidores retornos com consistência nos últimos três anos.

Para participar do evento, conferir os vencedores, ser avisado sobre a agenda e receber posteriormente um compilado com as melhores recomendações de investimento debatidas nos painéis, deixe seu e-mail abaixo:

Ranking Melhores Fundos InfoMoney-Ibmec
Descubra quem são e como investem os melhores fundos de investimento do país:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.