Recomendações

As melhores ações para investir em junho, segundo os analistas

A mineradora Vale ficou no topo pela sexta vez seguida

SÃO PAULO – O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, terminou o mês de maio com uma queda expressiva de 4,30%, o que levou as corretoras a mudarem um pouco suas recomendações para junho, apesar dos papéis da Vale (VALE5) terem alcançado o primeiro lugar novamente, ao serem citados em 16 relatórios dos 28 analisados pelo portal InfoMoney, mesmo número que no mês passado.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

A mineradora ficou no topo pela sexta vez seguida e o Itaú Unibanco (ITUB4) também permaneceu sozinho na segunda posição, no entanto, a empresa do Grupo Casino, o Pão de Açúcar (PCAR4), que já havia caído da segunda para a quarta posição no mês passado, perdeu ainda mais recomendações e caiu para a sexta colocação junto com mais seis empresas. A Petrobras (PETR4) continuou em terceiro lugar, mas dessa vez junto com a Brasil Foods (BRFS3), que subiu da quinta posição.

PUBLICIDADE

Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney

Outro destaque deste mês foi a América Latina Logística (ALLL3), que passou de sete para 11 recomendações e assumiu, sozinha, a quarta posição. No mês passado a companhia havia ficado em sexto com mais duas empresas.

Na quinta posição continuou a sucroalcooleira Cosan (CSAN3), apesar de ter recebido duas recomendações a mais que no mês anterior. Por fim, a sexta posição ficou dividida entre sete companhias: Bradesco (BBDC4), BR Malls (BRML3), BM&FBovespa (BVMF3), CCR (CCRO3), Cemig (CMIG4), Pão de Açúcar (PCAR4) e Suzano (SUZB5). Todas foram citadas em seis dos 28 relatórios analisados.

Além das ações preferenciais da Vale terem atingido o primeiro lugar novamente, a companhia ainda foi citada em três relatórios com recomendações para suas ações ordinárias, ou seja, que dão direito a voto em uma Assembleia de Acionistas (VALE3).

Vale: a mineradora conquista o hexa
A Vale é a maior produtora de minério de ferro e pelotas do mundo, a segunda maior mineradora diversificada do mundo e a segunda maior produtora de níquel, também em escala global.

AçãoRecomendações
Junho/2013
Recomendações
Maio/2013
Vale PNA1616
Itaú Unibanco PN1513
BR Foods ON128
Petrobras PN1210
ALL ON117
Cosan ON108
Bradesco PN66
BR Malls ON69
BM&FBovespa ON67
CCR ON65
Cemig PN62
Pão de Açúcar PN69
Suzano PNA67
Cetip ON53
Duratex ON55
Ultrapar ON54
Telefônica PN52

Em relação à sua receita, metade dela advém dos mercados asiáticos e o restante está dividido entre 21% América do Sul, 20% Europa e 7% América do Norte.

PUBLICIDADE

A recomendação da empresa por grande parte das corretoras é proveniente de diversos motivos. De acordo com o relatório da Um Investimentos, os principais são: a sólida geração de caixa (margem ebitda de 37,6%), os múltiplos atrativos e o baixo nível de endividamento. Além disso, a expectativa de que os custos operacionais continuem recuando e a provável melhora da rentabilidade nos próximos trimestres também são, segundo a corretora, grandes fatores catalisadores.

Itaú Unibanco permanece sozinho em segundo lugar
O Itaú Unibanco é resultado da associação entre duas instituições em 2008, criando o maior banco múltiplo do hemisfério sul, com valor de mercado de R$ 162 bilhões. Possui atualmente cinco mil agências no Brasil e no exterior e é líder no mercado brasileiro de cartões de crédito, financiamento de veículos e atividades de banco de investimento.

De acordo com a Citi Corretora, em relatório, o Itaú Unibanco está sendo negociado a múltiplos baixos considerando o retorno elevado. Além disso, outros fatores que aumentaram a atratividade das ações do banco brasileiro foram: a acomodação da inadimplência nos últimos meses, a queda moderada nos spreads e o guidance positivo para 2013, que deve dar sustentação para as ações no curto prazo.

Uma surpresa positiva para a ALL
A ALL ganhou posições esse mês ao ser recomendada 11 corretoras, entre as 28 analisadas. As recomendações foram provenientes, em sua maioria, do racional de investimento para a companhia, que é muito atrativo. De acordo com relatório da Wintrade, o segmento de operação ferroviária deve ser beneficiado pela projeção de safra recorde de grãos no Brasil e pela entrada em operação do trecho de Rondonópolis, prevista para o segundo trimestre de 2013.

“Além disso, a companhia possui outros importantes projetos em fase de maturação e/ou inicial e que devem contribuir para gerar valor ao acionista no futuro, como a Ritmo – projeto de operação ferroviária, Brado – joint venture com a Standard Logística e a Vetria – empresa criada em uma parceria da ALL, Triunfo e Vetorial Mineração, com o objetivo de desenvolver uma solução integrada para a extração, logística e comercialização de minério de ferro da região de Corumbá-MS até o porto de Santos”, disse a corretora.

Metodologia InfoMoney
Ao todo, 28 carteiras de bancos e corretoras foram utilizadas para este levantamento. Os portfólios selecionados foram: Ativa, BB Investimentos, Bradesco/Ágora, BTG Pactual, Citi Corretora, Coinvalores, Concórdia, Fator, Geração Futuro, Geral, Gradual, HSBC, Indusval, Inva Capital, Rico/Octo, Omar Camargo, PAX, Planner, Santander, SLW, Socopa, Solidez, Souza Barros, TOV, Um Investimentos, Walpires, Wintrade, XP Investimentos.

Entre todas as carteiras publicadas pela InfoMoney em junho, nesta compilação apenas não foram considerados os portfólios com sugestões de ações que tenham perspectiva de pagamento de proventos.