SUPER LIVES Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Fique atento

Aécio, Dilma ou Marina? Baseie seus investimentos em sua aposta e veja o que comprar

O InfoMoney conversou com o economista Clodoir Vieira para saber quais são as melhores ações para comprar com a vitória de cada um dos presidenciáveis

SÃO PAULO – Não é novidade para ninguém que o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores paulista, está variando de acordo com os resultados das pesquisas eleitorais. O mercado tem aversão ao atual governo, da presidente Dilma Rousseff, então sempre que a oposição cresce nas pesquisas, as empresas estatais, que foram as mais prejudicadas pelos intervencionismos, valorizam, puxando o benchmark para cima. O mesmo ocorre para a situação contrária.

Assim, fica fácil ganhar dinheiro com ações, visto que, acompanhando as pesquisas eleitorais, os investidores já sabem o que comprar e vender. No entanto, depois que as eleições acabarem, os investidores podem ficar meio perdidos, por não saber se a pessoa que assumir a presidência irá cumprir com suas promessas.

Por conta disso, o InfoMoney conversou com Clodoir Vieira, economista e consultor da Compliance Comunicação, para saber, na avaliação dele, quais são as melhores ações para comprar com a vitória de cada um dos presidenciáveis.

Segundo ele, tanto se o Aécio ganhar como se a Marina sair vencedora do pleito, as ações de empresas ligadas ao governo serão muito beneficiadas, afinal, ambos defendem uma liberdade maior para as estatais, com um intervencionismo menor. “Com a vitória de qualquer um dos dois eu recomendo compra das ações da Petrobras (PETR4), da Eletrobras (ELET3) e do Banco do Brasil (BBAS3)”, disse.

No caso da Marina especificamente, o especialista ainda indicou os papéis da Itaúsa (ITSA4), que podem se beneficiar por conta da relação da presidenciável com a Neca Setúbal.

Já em um cenário no qual a candidata Dilma sai vencedora, as ações da BRF (BRFS3) e da Cia Hering (HGTX3) podem sair ganhando muito, devido ao modelo de política econômica da presidente baseado no consumo. “O setor educacional também deve se beneficiar com a vitória dela, por conta dos programas educacionais, como ProUni e o Fies”, afirmou. Vieira recomendou, para esse caso, os papéis da Kroton (KROT3) e da Estácio (ESTC3).