Em onde-investir / acoes

Meirelles 'perdeu' R$ 53 milhões na campanha, mas pode ter ganhado muito mais na bolsa

Fizemos duas simulações para calcular quanto o candidato já deve ter embolsado com seus investimentos em ações: a primeira de que ele investe em uma carteira média de mercado e a segunda, na Carteira InfoMoney.

Henrique Meirelles debate SBT
(Sergio Dutti)

SÃO PAULO – A campanha presidencial de Henrique Meirelles (MDB) custou perto de R$ 53 milhões e foi financiada pelo próprio candidato, segundo a declaração de gastos dos candidatos à presidência para o TSE, que ainda pode ser atualizada.

O custo total da campanha foi o maior entre os candidatos à presidência e o que apresentou o pior “custo-benefício”: com 1,2 milhão de votos, cada um custou, portanto, R$ 41.

Em comparação, Cabo Daciolo (Patriota), teve o custo mais baixo por voto: ele gastou R$ 808 em toda a sua campanha e terminou com 1,3 milhão de votos, um custo de R$ 0,0005 por voto.

Boa parte do valor gasto por Meirelles na campanha, no entanto, foi compensado por prováveis ganhos no mercado acionário. Isso porque o emedebista declarou no final de 2017 R$ 283.176.015 em ações - no total, o patrimônio do candidato é de R$ 377 milhões.

Levando em conta que a Bolsa segue com alta significativa em 2018, é provável que o valor das ações de Meirelles tenha crescido bastante. O InfoMoney tentou contato com o candidato para saber especificamente qual é sua carteira de ações, mas sua assessoria de imprensa optou por não informar.

Por isso, partimos de duas suposições para calcular quanto o candidato já deve ter embolsado com seus investimentos em ações: a primeira de que ele investe em uma carteira média de mercado e a segunda, na Carteira InfoMoney.

Não é preciso ser milionário para ganhar dinheiro na Bolsa: abra uma conta na XP com taxa ZERO para abertura e TED! 

Supondo que Meirelles tenha usado os R$ 283,2 milhões para montar uma carteira igual ao Ibovespa -- ou seja, comprou cotas do BOVA11, fundo de índice que acompanha o Ibovespa -- o candidato teria hoje R$ 314.693.505,47, que representa um lucro bruto (antes do Imposto de Renda) de R$ 31.517.490,47.

Isso porque o Ibovespa subiu até o momento no ano 11,13% (cálculo feito até o fechamento de segunda-feira, 15 de outubro). O lucro obtido com investimentos em BOVA11, portanto, não teria compensado os gastos de campanha.

No segundo cenário, supomos que o candidato tenha investido o mesmo montante na Carteira InfoMoney, cuja rentabilidade acumulada de 2018 é de 19,91%. Ele, portanto, teria hoje um patrimônio total de R$ 339.556.359,59, que representa um ganho de R$ 56.380.344,59 -- valor que já paga o investido na campanha presidencial.

Você não precisa ter o mesmo patrimônio que Meirelles para investir em ações -- dá para investir na Carteira InfoMoney e ter uma rentabilidade maior que a do Ibovespa com R$ 200 por mês.

Ela é divulgada todo mês em primeira mão aos alunos do curso "Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora" e aos assinantes do relatório Carteira InfoMoney Premium.  

 

Contato