Em onde-investir / acoes

XP recomenda 10 ações para agosto após render 128% do Ibovespa em julho

Ótimo resultado mostra primeiro mês da carteira sob a gestão do novo analista-chefe da XP Investimentos, Karel Luketic

Investidor comemorando
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A plataforma da XP Investimentos divulgou a sua carteira recomendada para o mês de agosto e optou por realizar algumas modificações em sua seleção de ativos. Foram incluídos os papéis de Fibria (FIBR3), B3 (B3SA3) e Petrobras (PETR4), e realizadas mudanças táticas para readequar o portfólio. 

Em seu primeiro mês sob "nova gestão", de Karel Luketic, analista-chefe da XP Investimentos, a carteira apresentou ganhos de 11,4%, 128% dos 8,9% de alta do Ibovespa. Os destaques positivos foram BRF (BRFS3), que subiu 26%, Gerdau (GGBR4), com alta de 20%, e Banco do Brasil (BBAS3), que avançou 13%

Organizada pela equipe de Research da XP, a carteira é composta por 10 papéis que os analistas acreditam que devem performar melhor que o Ibovespa no médio prazo. Para este mês, a carteira continua balanceada, com posicionamento favorável a uma gradual retomada da bolsa, mas mantendo âncoras que protejam os ativos em um cenário adverso.

A substituição de Suzano por Fibria deve-se, segundo a equipe de análise, ao fato de que apesar de ambas estarem em processo de fusão e terem teses de investimento muito parecidas, Fibria sofre menos com potenciais notícias relacionadas a esse processo, que trouxe bastante volatilidade em julho para os papéis de Suzano. 

Com relação à inclusão de Petrobras, os analistas escrevem: "Após valorização ao longo de julho e por parecer menos assimétrica do que no mês passado, trocamos Cemig por Petrobras, um papel que se beneficia de uma potencial melhora de sentimento em relação ao Brasil, mas ainda mantendo o peso de 5% como medida de cautela dada a volatilidade que esperamos em agosto". 

A opção por excluir Tim, por sua vez, deve-se à saída do CEO da companhia e pelo fato da XP acreditar que B3 é um nome de qualidade e com exposição à retomada do país. 

Demais mudanças técnicas incluem a redução de 10% para 5% em BRF, após alta expressiva em julho, e compensando os 5% adicionais em Fibria. Também após alta no último mês, houve também redução de 15% para 10% em Gerdau, compensando com um aumento de 5% em Vale. 

A carteira completa da XP Investimentos está disponível com taxa ZERO para abertura de conta - clique aqui e abra sua conta, é de graça! Confira nossa seleção:

Empresa Ticker Peso
B2W BTOW3 5%
B3 B3SA3 10%
Banco do Brasil BBAS3 15%
BRF BRFS3 5%
Equatorial EQTL3 10%
Fibria FIBR3 15%
Gerdau GGBR4 10%
Localiza RENT3 10%
Petrobras PETR4 5%
Vale VALE3 15%

 

 

Contato