Em onde-investir / acoes

Bolsa tem "várias oportunidades" e ações "muito baratas", diz XP Gestão

Qualicorp, Lojas Americanas e Bradesco são as indicações de compra do gestor de renda variável da XP Gestão, João Luiz Braga

binóculo oportunidade investimento
(Shutterstock)

SÃO PAULO - "Bastante coisa ficou barata na Bolsa", avalia o gestor de renda variável da XP Gestão, João Luiz Braga, em carta enviada a clientes. O recado é claro: as incertezas políticas e as revisões mais pessimistas para o desempenho da economia em 2018 já foram absorvidas pelo mercado e não são esperadas surpresas negativas para os próximos dois meses. Na verdade, há a possibilidade - ainda que pequena - de uma surpresa positiva com a entrada de um novo nome da corrida presidencial. 

Na cena internacional os capítulos também são mais do mesmo: investimentos fortes de empresas norte-americanas, piora na Europa e Japão e China, a despeito de alguns dados negativos, ainda sustenta os preços de commodities. É justamente devido a esse cenário sem novidades que o time de analistas da XP Gestão acredita que há espaço para boas oportunidades de compras na Bolsa brasileira. 

"Tem bastante coisa que ficou barata na bolsa. Até aí não quer dizer muita coisa, pois em cenário de estresse, ninguém se prende em valuation. Porém, a quinta-feira dia 7 de junho foi reveladora nesse sentido: Stops generalizados em diversos papéis, quando a tarde percebemos claramente que entrou compra para aproveitar das vendas em pânico. Vários papéis que caiam mais de 10% fecharam caindo pouco. Para nós, o mercado parece ter dito que há comprador marginal, sim, para exageros", informa Braga. 

Sem a possibilidade de "fatos novos" que possam gerar mais quedas generalizadas, onde estão as oportunidades? Em todo lugar, praticamente. "Nas nossas reuniões de gestão com todo o time, algo curioso e raro está acontecendo: todos os analistas estão vendo várias oportunidades. É raro isso acontecer, e diz muito sobre o micro. Mas temos consciência que no curto prazo, o macro e o fluxo prevalecem", pondera o gestor. "Estamos com posição máxima comprada, e tentando aproveitar para fazer trocas que façam sentido", acrescenta.

Entre tantas oportunidades sinalizadas pela XP Gestão, o InfoMoney pediu para que Braga elegesse as três ações que oferecem grandes oportunidades de investimento. Confira:

Lojas Americanas (LAME4) - "Ela tem vários motivos para ser uma oportunidade. Basicamente, achamos que ela pode aproveitar esse ambiente de integração entre lojas físicas e ambiente online como ninguém", afirma Braga. Atualmente, a Loja Americanas tem 1.300 lojas físicas e seu braço online, a B2W, é o maior e-commerce do país. "Eles estão fazendo bastante inovação nas Lojas Americanas para fazer essa integração bem feita", conta.

Há planos na varejista de oferecer ferramentas que possibilitem a compra no ambiente online para retirar em uma loja física e transformar cada loja em uma market place, com entregas em até duas horas. "Ela ainda pode entrar em outros segmentos, como de conveniência, em que ela pode ter mais de três mil lojas facilmente", avalia o gestor, lembrando que a empresa passou por dois anos "complicados", quando o retorno sobre o capital investido caiu, mas o evento foi pontual e esse indicador já mostra melhora. "É uma ação bem barata e que tem muito para subir", afirma.

Qualicorp (QUAL3) - "Está muito barata e negociando a 8x o seu lucro. Isso nunca aconteceu, é o menor múltiplo da historia dela. O mercado exagerou nesse múltiplo menor", avalia Braga. Ele avalia que a empresa pode se alavancar para melhorar ainda mais sua estrutura de capital. 

"O mercado enxerga a Qualicorp de maneira errada, como uma plataforma, como alguém que atua na distribuição de planos de saúde, mas mais para frente ela pode distribuir mais coisas, como outros seguros. Ou seja, a Qualicorp tem um valor estratégico muito grande, ainda mais por 8x lucro, o que é muito barato", explica.

Bradesco (BBDC4) - "Ação é uma boa oportunidade, que está negociando a 7,8x o lucro de 2018", diz Braga. O cenário para os bancos brasileiros não melhorou, mas o gestor considera que os ativos de Bradesco apanharam demais nas derrocadas do mercado.

Quer investir com a ajuda de assessoria financeira especializada e GRATUITA? Clique aqui e abra já sua conta da XP

 

Contato