Em onde-investir / acoes

Ação da Carteira InfoMoney dispara 14% por desempenho acima das expectativas

A companhia registrou lucro líquido ajustado de R$ 147,5 milhões de janeiro a março, superando as projeções compiladas pela Bloomberg de um lucro de R$ 120 milhões

Alta
(Shutterstock)

SÃO PAULO - As ações do Magazine Luiza (MGLU3) saltaram mais de 14% no pregão desta terça-feira (8) após divulgação de desempenho acima do esperado no primeiro trimestre do ano. A companhia registrou lucro líquido ajustado de R$ 147,5 milhões de janeiro a março, superando as projeções compiladas pela Bloomberg de um lucro de R$ 120 milhões. O resultado representa um salto de 151,8% ante os R$ 58,6 milhões registrados um ano antes. 

A receita líquida do Magazine Luiza subiu 28,7% e fechou o trimestre em R$ 3,61 bilhões, contra projeção de R$ 3,35 bilhões. O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 300,5 milhões no primeiro trimestre - alta de 29,6% - com margem Ebitda ajustada de 8,3%.

Segundo a empresa, foi o maior crescimento trimestral dos últimos 5 anos. No primeiro trimestre, as vendas totais, incluindo lojas físicas, e-commerce tradicional e marketplace, cresceram 33,8% para R$ 4,5 bilhões, reflexo do aumento de 64,6% no e-commerce total e 21,4% nas lojas físicas, explica a companhia.

O Bradesco BBI destacou o forte resultado da companhia e elevou o preço-alvo para os ativos de R$ 105 para R$ 115, com recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) mantida.

A ação está na Carteira InfoMoney de maio, que já está disponível para download neste link. O Magazine Luiza representa 7,5% de toda a carteira do mês, elevando sua parcela em relação ao portfólio de abril. 

Lembrando que os alunos do curso "Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora" ou assinantes do relatório Carteira InfoMoney Premium já receberam a nova carteira nem 30 de abril - antes do fechamento do pregão. 

Em abril, a Carteira InfoMoney teve de 2,97%, mais que o triplo da alta de 0,88% do Ibovespa no período. Das ações recomendadas no portfólio, três delas mostraram valorização superior a 13%, são elas: Suzano, com alta de 23,08%, IRB, com valorização de 13%, e Vale, com que subiu 15,30%. 

No ano, o portfólio da IM também está na frente, com alta de 15,43% contra 12,71% do principal índice da B3.. Desde a criação da Carteira IM (em janeiro de 2016), o ganho acumulado chega a 112,11%, enquanto o Ibovespa subiu 97,72% no mesmos 29 meses.

Mudanças em maio
Para o portfólio de maio, saíram as ações de Vale e Gerdau e a participação de Petrobras e IRB foram reduzidas. As mudanças deram lugar para os papéis de Smiles, que entraram neste mês, e para o aumento de participação das ações da Ultrapar, Qualicorp, Locamerica, Localiza e Braskem.

A ação da B3 (B3SA3) segue com maior participação (11,9% do portfólio), seguida de Braskem e Localiza. Para ver a carteira completa, clique aqui.

Quer investir em ações pagando só 0,80 de corretagem?  Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato