Em onde-investir / acoes

Preocupado com as eleições? Essas 10 pagadoras de dividendos podem ser a solução

Analistas listam empresas que podem oferecer ótimos dividendos e ainda, proteção contra o "risco eleitoral"

Ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Com as eleições presidenciais no radar, investidores "preocupados" com o cenário estão buscando cada mais vez por alternativas em seu portfólio que garantam maior rentabilidade e, ainda, uma "proteção" à grande volatilidade do mercado. De acordo com o BTG Pactual, a melhor forma de driblar esse efeito eleitoral é apostar em grandes pagadoras de dividendos, que permitem uma transição mais tranquila (de agora até outubro) dos investimentos e dão a possibilidade de que resultados negativos do mercado não afetem suas carteiras. 

Para os analistas Bernardo Teixeira e Carlos Sequeira, que assinam o documento, com a taxa de juros mais baixa da história do Brasil (6,5%), algumas ações podem oferecer dividendos superiores aos encontrados em aplicações de renda fixa, por exemplo. Esses papéis se tornam ainda mais interessantes dado que dividendos no Brasil não pagam imposto, enquanto ganhos de capital em investimentos de renda fixa estão sujeitos a Imposto de Renda.

No setor de utilities, a dupla cita três exemplos: Transmissão Paulista (TRPL4), AES Tietê (TIET11) e Teasa (TAEE11), sendo Taesa eleita a top pick e com um dividend yield estimado de 10,4% para 2018.

Confira, abaixo, os 10 melhores ativos para driblar a volatilidade eleitoral, segundo o BTG Pactual:

Empresa Ticker Dividend Yield estimado para 2018
AES Tietê TIET11 12,2%
Copasa CSMG3 10,4%
Taesa TAEE11 10,4%
Cyrela CYRE3 8,4%
Tupy TUPY3 7,6%
São Martinho SMTO3 7,2%
Vivo VIVT4 6,4%
Itaú ITUB4 6,1%
BB Seguridade BBSE3 5,8%
IRB IRBR3 5,1%

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Abra sua conta na Clear

 

Contato