Em onde-investir / acoes

Como montar uma carteira de ações com R$ 2.600? É possível e mais fácil do que imagina

Thiago Salomão explica como montar uma estratégia para investir em ações mesmo quando seu salário é baixo e suas economias são escassas  

SÃO PAULO - "Para começar a investir em ações é preciso ter muito dinheiro". Essa frase nunca foi uma verdade absoluta, mas de fato, os altos custos operacionais atrapalhavam investidores mais modestos a montarem uma carteira de ações. Só que hoje em dia, ninguém mais pode dizer isso: é possível sim montar um portfólio com pouco capital.

No programa "Bê-a-Bá da Bolsa", Thiago Salomão, analista responsável pela Carteira Recomendada InfoMoney, explica uma estratégia para investir em ações com apenas R$ 2.600. Além de disciplina e paciência, o investidor precisa escolher uma corretora com baixos custos operacionais.

Durante o programa, o Salomão cita a Clear Corretora, que não cobra NADA para custódia e corretagem de ações (clique aqui para abrir sua conta - é de graça!).

Você pode baixar aqui a planilha apresentada no programa e personalizar sua carteira. Veja um dos exemplos mostrados por Salomão:

Ação Ticker Preço Quantidade Total Participação
B3 B3SA3 26,08 22 574 21,9%
Smiles SMLS3 82,15 6 493 18,8%
Petrobras PN PETR4 19,70 22 433 16,5%
Localiza RENT3 25,78 17 438 16,7%
Braskem BRKM5 49,41 7 346 13,2%
RD RADL3 84,43 4 338 12,9%

Salomão, que também é professor do curso "Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora", ainda respondeu perguntas de leitores enviadas por e-mail (duvidaimtv@infomoney.com.br) e pelo Facebook. 

O "Be-a-bá da Bolsa" vai ao ar ao vivo todas as quartas-feiras a partir das 11h (horário de Brasília). A transmissão é feita na página do Facebook do InfoMoney e na InfoMoney TV

 

Tudo sobre:  Ações   Bolsas  

Contato