Em onde-investir / acoes

Investidores devem aumentar exposição em 5 ações, diz corretora

As recomendações da corretora foram das ações da Telefônica, da Ultrapar, da CSU, da Ambev e da Raia Drogasil

Butijão gas ultrapar ultragaz
(Ultrapar)

SÃO PAULO - A corretora Coinvalores divulgou cinco papéis para aumentar a exposição na semana de 08 a 12 de dezembro. As indicações são das ações da Telefônica (VIVT4), da Ultrapar (UGPA3), da CSU (CARD3), da Ambev (ABEV3) e da Raia Drogasil (RADL3).

Em meio à volatilidade, a Coinvalores vê a Telefônica Brasil como uma opção defensiva em função de sua resiliência operacional e elevada distribuição de dividendos. Com a aquisição da GVT, a companhia que é líder em telefonia móvel torna-se a segunda maior operadora de telefonia fixa e banda larga e conquista a terceira posição em TV por assinatura, segundo dados recentes da Anatel.

A Ultrapar continua sendo interessante alternativa de investimento em momentos de volatilidade e fraca atividade econômica, segundo a corretora. “As perspectivas continuam positivas para a companhia, principalmente no segmento de distribuição de combustíveis (Ipiranga) e varejo farmacêutico (Extrafarma)”, disse.

A CSU lançou na última semana sua plataforma de e-commerce, que visa aproveitar de sua expertise em relacionamento com o consumidor e as parcerias com diversas varejistas. Os papéis da companhia, que caíram bastante após a Joint Venture anunciada entre BB e Cielo, esperam pouco ou nenhum impacto em seu principal negócio. Isso porque a presença de um importante emissor de cartões na JV deve inibir outros bancos de entregar o processamento de cartões para essa nova empresa.

Já sobre a Ambev, o governo anunciou o aguardado reajuste da metodologia tributária do setor, devendo ser aplicado sobre o valor de venda somente, transferindo maior previsibilidade, além disso, os novos reajustes devem acompanhar o crescimento da indústria, eliminando defasagens e distorções presentes no modelo anterior. A empresa ainda apresenta forte resiliência operacional e elevado pay out, sendo interessante investimento, sobretudo diante de um cenário de alta volatilidade. 

Por fim, em relação à Raia Drogasil, os números da consultoria IMS Health apontam crescimento entre 12% e 14% para o setor de comércio farmacêutico neste ano. A companhia continua apresentando bons números derivados de seu crescimento orgânico via abertura de lojas e controle de custos e despesas. “Os papéis da companhia continuam em boa situação financeira com novas lojas em processo de maturação, devendo entregar melhores resultados nos próximos períodos”, concluiu.

Veja as ações recomendadas:

EmpresaTickerRecomendaçãoPreço-alvo*Upside**
Telefônica
VIVT4 Aumentar exposição Em revisão

-

Ultrapar UGPA3 Aumentar exposição R$ 70,00 +36,5%
CSU CARD3 Aumentar exposição R$ 4,50 +37,6%
Ambev ABEV3 Aumentar exposição R$ 18,60

+18,4%

Raia Drogasil RADL3 Aumentar exposição Em revisão -

* Preço-alvo para 12 meses
** Potencial de valorização em relação ao fechamento de 05 de dezembro

 

Contato