Em onde-investir / acoes

25 ações do Ibovespa custam menos que o valor patrimonial; veja se vale a pena comprar

As ações da Petrobras são umas das que custam menos que valem, mas isso não deve animar os investidores, segundo especialista

Eletrobras
(Divulgação/Eletrobras)

SÃO PAULO – 25 ações entre 73 do Ibovespa, principal índice da bolsa de valores paulista, estão com um P/VPA (preço da ação dividido pelo valor patrimonial por ação) menor que 1, ou seja, elas estão baratas - com seu preço abaixo do valor patrimonial. Ao mesmo tempo, valores acima de 1,0 (caso das outras 48 ações do índice) podem indicar que os papéis estão caros.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

De acordo com Clodoir Vieira, economista e consultor da Compliance Comunicação, um P/VPA abaixo de 1,0, mostra que o papel está com um desempenho ruim e que suas ações tiveram um recente movimento de queda, no entanto, pode indicar também uma oportunidade de compra, visto que a tendência, na maioria dos casos, é que o valor da ação seja corrigido em direção ao valor da companhia, mas isso não é uma regra.

Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney

As empresas com os menores P/VPAs do índice são: Eletrobras (ELET3), com 0,16, (ELET6), com 0,25, Rossi Residencial (RSID3), com 0,29, Brookfield (BISA3), com 0,38, e PDG Realty (PDGR3), com 0,41.

Além delas, outras companhias que tem uma forte participação no benchmark e que estão baratas, tendo em vista esse múltiplos, são a Petrobras (PETR4), com 0,59, a PETR3, com 0,59, e o Banco do Brasil (BBAS3), com 0,98.

Ainda segundo o especialista, não se pode dispensar os múltiplos, mas é importante aliar essa análise aos fundamentos da empresa. “A Petrobras, por exemplo, está barata, mas não vale a pena comprar suas ações para o longo prazo, afinal, ela irá variar muito de acordo com as pesquisas eleitorais e, portanto, deve se manter volátil nos próximos meses”, afirmou. “Eu não vejo os papéis da Petrobras voltando a R$ 40,00 nos próximos muitos anos, então comprar para especular e ganhar em um day trade, tudo bem, mas comprar pensando no longo prazo é furada”, completou.

Para Vieira, no meio dessas 25 empresas tem grandes oportunidades, principalmente porque as ações fazem parte do Ibovespa, ou seja, são muito liquidas, o que traz mais segurança ao investidor. “Mas é preciso analisar bem, pois a Eletrobras, por exemplo, sofre de uma intervenção muito forte do governo, então se for comprar pra especular também, até vale a pena, mas para investir, eu não aconselho de jeito nenhum”, disse.

De acordo com ele, outros fatores também tem que ser levados em consideração, como capacidade de geração de caixa da empresa, a margem com a qual ela está trabalhando, o seu dividend yield, seu nível de endividamento e a qualidade de sua dívida. 

Outras empresas com VPA atrativo
Outras empresas que estão com o VPA atrativo são: Oi (OIBR4), Usiminas (USIM5), Gafisa (GFSA3), Eletropaulo (ELPL4), Gerdau Met (GOAU4), Gerdau (GGBR4), Copel (CPLE6), BR Properties (BRPR3), Marfrig (MRFG3), Santander (SANB11), Suzano (SUZB5), Bradespar (BRAP4), MRV (MRVE3), Even (EVEN3), Fibria (FIBR3), Cesp (CESP6) e BR Malls (BRML3).

 

Contato