Em onde-investir / acoes

Entenda o que muda e se vale a pena investir em Ambev após o desdobramento

Os papéis que valiam cerca de R$ 88,00 agora estão na casa dos R$ 17,00

Ambev - Brahma - cervejas
(Divulgação/Ambev)

SÃO PAULO – A Ambev (ABEV3) passou por uma reestruturação societária e estreou na bolsa nesta segunda-feira (11) no modelo do Novo Mercado, com somente ações ordinárias e um desdobramento de um para cinco. Os papéis que valiam cerca de R$ 88,00 agora estão na casa dos R$ 17,00.

De acordo com Allan Soares, analista da Futura Investimentos, sempre que a ação diminui seu valor o efeito é muito positivo para a empresa, pois ela atrai mais liquidez. “Quando o preço da ação fica muito elevado para os investidores, o papel tende a perder liquidez. Eu acho que a mudança foi muito positiva, pois vai elevar a liquidez do papel”, explicou. “Essa técnica é muito utilizada, mas não anda sendo tão comum. É muito válido e positivo, pois o mercado vê com bons olhos”, completou.

Estreia na bolsa
Apesar do viés positivo, no primeiro dia de negociação, as ações da antiga Companhia de Bebidas da Américas e atual Ambev S.A., abriram em queda de 0,35%, a R$ 17,30. Às 14h35, a cotação estava R$ 17,18, marcando uma queda de 1,04%. Já a mínima do dia é de R$ 17,02, que representa uma queda de 1,96%.

Segundo Pedro Galdi, analista-chefe da SLW, isso não é preocupante. “A queda de hoje é pelo fato de o mercado estar fraco de forma geral, sem falar que o papel vinha de uma alta forte, então isso é apenas pontual, pois a tendência é continuar em alta até o fim do ano e no ano que vem. A empresa é muito sólida e os próximos resultados devem continuar positivos”, afirmou.

Para Soares, os investidores não podem culpar as mudanças por essa pequena queda da estreia. “O mercado como um todo está caindo, não tem ligação com as alterações. A empresa sempre foi top na bolsa de valores e continuará sendo, ou seja, não vejo nenhum ponto negativo nesta mudança. As perspectivas são muito positivas”, finalizou.

 

Contato