Esporte

Organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio confirma 58 casos de Covid-19

Lista já conta com quatro atletas infectados, sendo o caso mais recente o de uma ginasta adolescente da equipe dos Estados Unidos

Coronavírus
(Envato)

SÃO PAULO – A organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio confirmou nesta segunda-feira (19) que 58 pessoas envolvidas no evento, entre atletas, integrantes de comissões técnicas, dirigentes, funcionários e jornalistas testaram positivo para Covid-19 desde o dia 1º de julho.

A lista já conta com quatro atletas infectados, sendo o caso mais recente o de uma ginasta adolescente da equipe dos Estados Unidos em Inzai, a leste da capital japonesa, onde o time se prepara para competir.

A equipe olímpica da República Checa também confirmou nesta segunda que Ondrej Perusic, do vôlei de praia, testou positivo para Covid-19 na Vila Olímpica, em Tóquio.

Leia também:
Questões políticas, econômicas e sanitárias: os desafios de Tóquio para sediar a Olimpíada

O maior número de infectados, segundo o comitê dos Jogos Olímpicos, parte de funcionários das Olimpíadas, com 29 pessoas contaminadas. Na sequência, aparece o grupo de integrantes de comissões técnicas, com 17 casos confirmados até o momento.

De acordo com o protocolo, todos que testam positivo entram em quarentena de 14 dias.

Em meio a preocupações sobre o avanço da pandemia de coronavírus, Tóquio entrou em estado de emergência na última semana. Espectadores também foram banidos de quase todos os locais para frear as contaminações pelo vírus.

No último sábado (17), o número de contaminações diárias no Japão foi de 1.410, atingindo o dado mais alto desde 21 de janeiro. Há seis dias, a capital tem números acima de mil.

A cerimônia de abertura dos Jogos está marcada para esta sexta-feira (23), mas as competições serão iniciadas dois dias antes, com provas de softbol e futebol.

PUBLICIDADE

Quer entender o que é o mercado financeiro? Assista à série gratuita “Carreira no Mercado Financeiro” e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.