Investimentos

XP Inc. e Blue3 anunciam criação de nova corretora

O plano de expansão da Blue3 até 2025 prevê chegar aos R$ 100 bilhões sob custódia. A empresa também já anunciou a intenção de abrir o capital

Mão segura um celular e consulta um gráfico em frente a um painel de movimentação de ações em Bolsa - mercado fracionário
(scyther5/Getty Images)

SÃO PAULO – A XP Inc. e a Blue3, uma das maiores empresas de assessoria de investimentos do país, com mais de R$ 10 bilhões vinculados à XP, anunciam hoje a criação de uma nova corretora de investimentos.

A XP terá participação de 49,9% no novo negócio, enquanto a Blue3 será a detentora de 50,1%. As duas empresas são parceiras há 12 anos.

Comunicado divulgado hoje destaca que o novo modelo de negócios permitirá à Blue3 maior personalização da experiência dos clientes e expansão em nível nacional.

O plano de expansão da Blue3 até 2025 prevê chegar aos R$ 100 bilhões sob custódia e triplicar o número de agentes autônomos de investimentos. A empresa também já anunciou a intenção de fazer um IPO (oferta inicial de ações, na sigla em inglês).

Fundada como BlueTrade, por Wagner Vieira e Leone Cabral, mudou recentemente seu nome para Blue3. A empresa tem escritórios em 13 cidades, sendo quatro capitais – São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Goiânia. E capta em média mais de R$ 500 milhões por mês.

“O anúncio da criação da Blue3 Corretora só reforça o quanto estamos no caminho certo e o quanto o nosso modelo se mostrou vencedor. Ter o maior player do mercado como nosso principal sócio nos dá um carimbo junto ao mercado e aos nossos clientes de que estamos no lugar certo. Temos o melhor atendimento do país (NPS 94,5%). Assim como o Magazine Luiza, a Blue3 também nasceu em Franca, no interior de São Paulo, em uma salinha de 30 m², e agora ganha o Brasil, como uma das maiores empresas de investimentos do país”, diz Wagner Vieira.

“Entendemos que o momento de mercado hoje é atender a necessidade de nossos clientes e ajudando a investir melhor nas suas três fases da vida financeira: acumular, rentabilizar e preservar, deixando assim um legado para eles e as suas famílias”, afirma Leone Cabral.

Para Guilherme Sant’Anna, sócio-diretor da XP Inc., permitir que os melhores empreendedores sigam crescendo e transformando o mercado financeiro é prioridade.

“Quando decidimos fazer uma sociedade de longo prazo, é muito importante ter empreendedores alinhados com o nosso propósito. Por isso, ficamos muito honrados em ter o Wagner e o Leone, além de todo o time Blue3, juntos com a gente pelas próximas décadas A XP é um grande ecossistema de empreendedores, sejam eles agentes autônomos, distribuidoras ou corretoras de valores, consultores ou gestoras de recursos. Somos um provedor de serviços estratégicos e estar ao lado dos melhores do Brasil nos permite seguir contribuindo para transformar o mercado brasileiro e melhorar a vida das pessoas e das empresas”, diz Sant’Anna.

PUBLICIDADE

A previsão é que a nova corretora entre em operação nos próximos 12 meses. A transação ainda depende da aprovação do Banco Central (BC).