Atualização da plataforma

WhatsApp passará a cobrar empresas por alguns serviços na versão Business

Empresa também atualizou o botão de compras e promete facilitar a visualização e contato entre clientes e vendedores

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO — O WhatsApp anunciou que vai atualizar sua plataforma de negócios, o WhatsApp Business, com novas soluções — e passará a cobrar por parte dos serviços.

“Para que o WhatsApp também continue a crescer como empresa, passaremos a cobrar por alguns dos serviços que oferecemos a nossos clientes comerciais. No entanto, continuaremos a oferecer e a ampliar nossos serviços gratuitos de mensagens e ligações de voz e de vídeo, que são protegidos com a criptografia de ponta a ponta, para mais de 2 bilhões de pessoas”, afirmou a empresa em comunicado.

No entanto, não há informações sobre quais serviços serão cobrados, quanto vai custar, quando as soluções passarão a ser cobradas ou quais serão as novas soluções prometidas. O InfoMoney entrou em contato com o WhatsApp para entender mais detalhes, mas até o momento de publicação desta matéria não obteve resposta.

Aprenda a investir na bolsa

Hoje, a empresa que pertence ao grupo do Facebook tem duas soluções focadas em empresas: o WhatsApp Business e a API do WhatsApp Business. A primeira é para pequenas empresas e é uma ferramenta mais simples, que permite apenas automatização das mensagens e a criação de um perfil comercial. Esse modelo é totalmente gratuito.

Já a segunda é uma solução mais robusta, focada em média e grandes empresas. Ela oferece, além dos recursos mencionados, número verificado, chatbots e gestão e análise de dados. Nesse caso, as empresas precisam desembolsar uma quantia mensal para manter o serviço. A empresa não divulgou os preços que cobra atualmente.

Compras

Outra novidade é a área de compras no aplicativo do WhatsApp, que vai ser atualizada para um novo modelo. O formato é muito similar ao que se encontra hoje no Instagram, que também pertence ao Facebook.

“Vamos expandir as maneiras como as pessoas podem conferir os produtos disponíveis e finalizar compras diretamente nas conversas. Também queremos facilitar a integração desses recursos às soluções de venda e de atendimento ao cliente que as empresas já utilizam. Essa ação ajudará as pequenas empresas que foram mais afetadas neste momento”, disse a empresa também em comunicado.

A nova opção vai permitir também que as empresas forneçam assistência personalizada para os clientes. “O novo botão de mensagens torna mais fácil para as pessoas enviarem mensagens para empresas através WhatsApp. Os clientes podem visualizar os produtos diretamente no chat, tornando mais fácil compartilhar produtos com amigos e familiares para obter feedback antes de fazer uma compra”, complementa.

Na prática, o cliente vai encontrar este novo formato na hora de comprar produtos:

(Divulgação/WhatsApp)

PUBLICIDADE

O vendedor poderá apresentar seus produtos da nova maneira por meio do app. Se o cliente encontrar o produto no Instagram ou no Facebook, poderá contatar o vendedor por meio do WhatsApp clicando no botão azul, como aparece na foto acima. No Instagram, por exemplo, a única opção que aparece atualmente é um botão que direciona o usuário ao site da empresa. Não há mais detalhes do recurso, por enquanto.

Já em relação ao ato da compra, a empresa também não explicou como a transação vai funcionar dentro do aplicativo de conversas. Em tese, a solução seria a implementação do WhatsApp Pay, que permitiria que o cliente concluísse a compra dentro da conversa com o vendedor. No entanto, o serviço de pagamentos está suspenso pelo Banco Central desde junho e não há previsão de liberação do novo meio de pagamentos por ora.

Segundo a empresa, hoje as transações financeiras no WhatsApp Business acontecem por meio de plataformas de pagamento, como PicPay ou Mercado Pago. Até mesmo boletos são uma opção. O vendedor envia o valor a ser pago e o cliente, por sua vez, finaliza o pagamento por meio de outra ferramenta.

Serviços de hospedagem

Por fim, o WhatsApp informou também o lançamento de um novo serviço de hospedagem em nuvem do Facebook para empresas, que vai permitir que pequenas e médias empresas armazenem e façam a gestão dos dados de seus negócios.

“Forneceremos uma nova opção para que as empresas possam gerenciar as mensagens no WhatsApp por meio de serviços de hospedagem, que serão oferecidos pelo Facebook. Com essas opções, pequenas e médias empresas poderão iniciar seus negócios, vender produtos, gerenciar estoques e responder rapidamente às mensagens recebidas onde quer que seus funcionários estejam”, afirmou a empresa no comunicado.

O InfoMoney também pediu mais detalhes sobre como vai funcionar o sistema, mas o WhastApp não deu um retorno até o momento de publicação desta matéria.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.