Bolsa

Vallourec mostra satisfação por comprar ativos da Lupatech

Venda de ativos pode ser suficiente para livrar empresa de recuperação judicial

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A companhia Vallourec mostrou-se satisfeita com a compra definitiva de ativos da Lupatech (LUPA3), informou a empresa francesa em uma reunião com investidores nesta quinta-feira (26). Os ativos a serem comprados são os da unidade de Rio das Ostras, no valor de € 21 milhões, em um acordo que já havia sido anunciado no dia 6 de agosto.

A empresa nacional, endividada e pressionada por credores por conta do não-pagamento de dívidas, pode conseguir atrasar uma recuperação judicial ou falência com esse negócio, segundo apurou o InfoMoney. Já a Vallourec ganha cada vez mais espaço no mercado brasileiro. 

A Lupatech fez investimentos altos demais no auge do período de euforia com o pré-sal, esperando uma forte demanda do setor de petróleo e gás no Brasil. Com a crise de 2008, a demanda esperada em contratos com a Petrobras não veio e hoje a Lupatech enfrenta grandes problemas, incluindo uma dívida difícil de ser paga e ameaças de pedido de falência. 

Aprenda a investir na bolsa

A morte do fundador da Lupatech, Nestor Perini, dois meses atrás, em um quarto de hotel em Nova York, pode ter acelerado o processo de desmanche da empresa. O fundador já havia sido afastado da operação por outros acionistas e credores. Agora as decisões de venda de ativos ou mudança de controle podem ser tomadas de forma mais ágil.

Ainda não se sabe como o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), um importante acionista da empresa, poderá participar do negócio. O InfoMoney apurou que o banco, que já tem 31% das ações, pode até injetar mais dinheiro, mas não vai assumir o comando. Outros grandes acionistas da Lupatech são a Petros (fundo de pensão dos funcionários da Petrobras) e a GP Investimentos (GPIV11).