Projeto de carvão

Vale completa opção de compra para totalidade da Belvedere, por US$ 156 mi

No total, mineradora pagará US$ 338 milhões por todo o projeto de carvão na Austrália, que está sujeito à aprovação no Conselho de Administração da Vale

SÃO PAULO – A Vale (VALE3;VALE5) assinou acordos para completar opção exercida em junho de 2010, através da qual comprará uma participação adicional de 24,5% no projeto de carvão Belvedere, da Aquila Resources Limites. Desta forma, a Vale terá a totalidade da participação em Beldevere. 

De acordo com comunicado enviado pela companhia nesta quinta-feira (31), o preço da compra é de 150 milhões dólares australianos, ou US$ 156 milhões, equivalente ao valor de mercado recentemente determinado por um avaliador independente contratado pela Vale e pela Aquila.

Segundo a companhia, a aquisição está sujeito a aprovações do governo de Queensland, na Austrália. A mineradora aceitou ainda pagar 20 milhões de dólares australianos, ou US$ 21 milhões, para encerrar os litígios e disputas relativas à Belvedere com a Aquila.

No total, a Vale pagará US$ 338 milhões por todo o projeto de Belvedere. Segundo a mineradora, a opção futura de crescimento consiste em um proketo de mina  subterrânea de carvão localizada na região sul do Bowen Basin, próximo à cidade de Moura, no estado de Queensland, Austrália.

O projeto está em fase inicial de desenvolvimento e está sujeito à aprovação do Conselho de Administração da Vale.  De acordo com estimativas preliminares da companhia, o projeto de carvão tem potencial para atingir uma capacidade de produção de 7 milhões de toneladas métricas por ano, majoritariamente de carvão metalúrgico.