Balanço do 1º trimestre

Usiminas tem resultado melhor do que o esperado, mas ainda não empolga, aponta XP

Apesar da surpresa positiva, o cenário doméstico ainda é desafiador e faz com que a XP Investimentos siga com recomendação neutra

SÃO PAULO – A Usiminas (USIM5) mostrou um resultado acima do esperado nesta quinta-feira (18) para o primeiro trimestre de 2019, mas ainda não empolga analistas. A equipe de análise da XP Investimentos manteve a recomendação das ações da empresa em neutra. 

Segundo a XP, o ambiente doméstico continua desafiador, com volumes fracos e dificuldade para que as empresas do setor siderúrgico implementem aumentos de preço. “Os resultados da Usiminas devem seguir pressionados no segundo trimestre, talvez se estendendo para o terceiro”, aponta a corretora em relatório.

A Usiminas registrou lucro líquido de R$ 76 milhões contra R$ 157 milhões no primeiro trimestre do ano passado, o que corresponde a uma queda de 81%. No quarto trimestre de 2018, a companhia havia tido lucro de R$ 401 milhões. 

PUBLICIDADE

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações, na sigla em inglês) foi de R$ 474 milhões, ante 622 milhões no mesmo período de 2018. Esse dado foi 7% superior ao que projetava a XP. 

“O principal motivo para a surpresa positiva em relação ao nosso Ebitda foram os resultados de exportação da siderurgia, com volume de 119 mil toneladas e preços em R$ 3.018 por tonelada, 8% e 13% acima das nossas expectativas, respectivamente.”

O volume doméstico é que se torna preocupante, com vendas de 885 mil toneladas (2% a mais que no trimestre anterior e 4% abaixo do mesmo período do ano passado) e queda de 1% nos preços em relação ao quarto trimestre de 2018. 

Por fim, a receita líquida para o primeiro trimestre deste ano foi de R$ 3,532 bilhões, uma alta de 3% sobre os R$ 3,244 bilhões nos primeiros três meses de 2018. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos