Impactos na produção

UE propõe plano para fortalecer produção de chips e mitigar gargalos na produção

A meta do bloco é ampliar a participação no mercado mundial de semicondutores a 20%

Por  Estadão Conteúdo -

Comissão Europeia, instância executiva da União Europeia, anunciou nesta terça-feira, 8, uma proposta que visa fortalecer a produção de chips semicondutores no bloco e reduzir a dependência externa.

O pacote é uma resposta aos gargalos na cadeia produtiva globais que debilitaram a produção industrial em todo o mundo.

Em comunicado, a Comissão informa que pretende mobilizar mais de 43 bilhões de euros em investimentos para prevenir e responder a choques de oferta futuros.

A meta do bloco é ampliar a participação no mercado mundial de semicondutores a 20%.

“O European Chips Act será um divisor de águas para a competitividade global do mercado único europeu”, afirmou a presidente da Comissão, Ursula von der Leyen.

“No curto prazo, aumentará nossa resiliência a crises futuras, permitindo-nos antecipar e evitar interrupções na cadeia de suprimentos. E, a médio prazo, ajudará a tornar a Europa um líder industrial neste ramo estratégico”, acrescentou.

Conheça as futuras gigantes da Bolsa e acelere sua liberdade financeira em um curso gratuito: assista!

Compartilhe