Empresa garante privacidade

Uber anuncia ferramenta que grava conversas entre motoristas e passageiros no Brasil

Durante o piloto, a ferramenta está sendo configurada para apagar os arquivos de áudio automaticamente após uma semana

arrow_forwardMais sobre
Homem segurando celular com o aplicativo do Uber
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A Uber anunciou nesta segunda-feira (10) no Brasil uma nova ferramenta para seu aplicativo, que possibilitará gravar em áudio conversas que acontecem durante corridas no aplicativo.

Chamada de U-Áudio, o recurso de gravação por meio do aplicativo, estará disponível primeiro em cinco cidades: Salvador (Bahia), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), São Luís (Maranhão), Sorocaba (São Paulo), e Uberlândia (Minas Gerais). Tanto usuários como motoristas podem ativar a ferramenta.

A Uber explica que os áudios gravados poderão ser compartilhados com a empresa e até com autoridades com o objetivo de ajudar em casos de investigações.

PUBLICIDADE

Os áudios ficam “criptografados e armazenados diretamente no dispositivo de quem fez a gravação e a Uber só poderá acessá-lo se o motorista ou usuário escolherem compartilhar o arquivo como parte do relato”, diz a nota.

“Quando a viagem se encerra ou por meio do histórico de viagens, tanto o usuário quanto o motorista terão a opção de relatar um incidente de segurança e anexar o arquivo de gravação de áudio”, disse a Uber em nota.

Depois que o arquivo de áudio criptografado for enviado aos agentes de atendimento ao cliente da Uber, o arquivo será aberto e usado para ajudar a entender melhor o relato do incidente e tomar as medidas apropriadas.

“Em algumas situações, uma gravação pode ser utilizada para apoiar os responsáveis pelo atendimento na decisão de desativação do motorista ou usuário, de acordo com o Código de Conduta da Uber”.

Durante o piloto, a ferramenta está sendo configurada para apagar os arquivos de áudio automaticamente após uma semana.

A Uber explicou que os usuários e motoristas receberão avisos de que “estão sujeitos a gravação de áudio”, e que a proteção da privacidade dos envolvidos “é levada muito a sério”. “Somente a Uber tem a chave para descriptografar o arquivo e isto somente pode ser feito após a denúncia, com o envio do áudio”, explica a empresa.

PUBLICIDADE

“O U-Áudio é um recurso extra para nos ajudar a entender o que ocorreu durante uma viagem em que algo deu errado. Queremos tomar as medidas apropriadas e esse arquivo pode ajudar nossos agentes de suporte neste processo”, disse Marcello Azambuja, diretor do centro de tecnologia da Uber no Brasil.

A empresa anunciou uma série de iniciativas de segurança para 2020, entre elas a chamada U-ajuda, que potencializa o poder do GPS e de outros sensores no smartphone. Nesse caso, a Uber pode identificar e sinalizar eventos raros, como uma parada longa e não prevista na rota.

Se uma parada não prevista for sinalizada, a Uber pode iniciar uma checagem e enviar uma mensagem para o motorista parceiro e o usuário perguntando se é necessário algum suporte.

Outra camada de segurança inclui, o U-Código, uma outra ferramenta que recomenda ao usuário conferir as informações para ter certeza de que está entrando no carro certo. O usuário pode optar por receber uma senha de quatro dígitos, que deve ser dita ao motorista para que ele consiga iniciar a viagem no aplicativo.

Além disso, a Uber anunciou que está trabalhando com tecnologias avançadas que usam ultrassom para transmitir automaticamente a senha. No futuro, os números recebidos pelo usuário passarão automaticamente pelo aparelho do motorista, e o usuário vai receber uma confirmação no seu celular. Ambas as funcionalidades já estão funcionando.

Invista seu dinheiro para realizar seus maiores sonhos. Abra uma conta na XP – é de graça.